quinta-feira, junho 13, 2024
More
    HomeCotidianoPara onde vão os carros destruídos na enchente do Sul?

    Para onde vão os carros destruídos na enchente do Sul?

    Publicado em

    spot_img

    As enchentes do Rio Grande do Sul ocasionaram diversos danos materiais  – incluindo as centenas de carros debaixo d’água. Nos municípios onde o nível de água abaixou, surgem os veículos submersos nas ruas, de cabeça para baixo e até mesmo pendurados em cercas de casas. Mas qual será o destino desses carros?

    Para onde vão os carros destruídos?

    Ainda não existe um quantitativo de veículos afetados, e a identificação dos proprietários. Mas, medidas para a retirada devem ser analisadas pelo setor público – a experiência de outras grandes catástrofes naturais, pelo mundo, indicam algumas ações que podem ser tomadas.

    Nos Estados Unidos, por exemplo, o Furacão Katrina, em 2005, destruiu mais de 400 mil veículos. Nesse caso, o governo contou com uma grande operação para a remoção dos carros submersos, com veículos encaminhados para reciclagem, ao passo que a drenagem dos fluidos, para evitar a poluição do solo, também era realizada.

    Algumas medidas que podem ser feitas pelo governo brasileiro  envolvem um procedimento que requer uma ampla coordenação logística, com equipamentos pesados e diversas entidades de emergência e governamentais. Após a remoção, os veículos serão transportados para áreas designadas para avaliação.

    Os carros serão inspecionados para determinar se podem ser recuperados ou se são considerados perda total, caso não, podem ser encaminhados para a reciclagem,  para minimizar o impacto ambiental. Componentes perigosos, como baterias e fluidos, devem ser descartados de forma segura.

    Seguradoras registram alta na procura

    Algumas vítimas já sinalizaram suas seguradoras, que registram a alta nos acionamentos no estado. No entanto, é necessário ficar atento, pois nem todas as as apólices têm coberturas para inundações e alagamento.

    Nesse sentido, é possível que as seguradoras neguem o pagamento do seguro, caso se entenda que a catástrofe climática foi provocada por alguma irresponsabilidade do Estado com a população local.

    Para onde vão os carros destruídos na enchente do Rio Grande do Sul? Foto: Carlos Fabal/AFP
    Para onde vão os carros destruídos na enchente do Rio Grande do Sul? Foto: Carlos Fabal/AFP

    Além disso, a Superintendência de Seguros Privados (Susep) solicitou que as seguradoras prorroguem as coberturas dos contratos de seguros de todos os segmentos às vítimas.

    Desastre climático no Rio Grande do Sul

    De acordo com a Defesa Civil, até a última quinta (16), 460 municípios foram afetados pelas enchentes e inundações. Há 104 pessoas desaparecidas e 151 óbitos confirmados.

     

    Últimos Artigos

    Procon-AM notifica empresa da Zona Azul por danos em um veículo

    O Instituto de Defesa do Consumidor (Procon-AM) notificou, nesta quarta-feira (12), a Tecnologias de...

    Após confusões, Câmara aprova projeto que suspende deputados que brigarem

    A Câmara dos Deputados aprovou, nesta quarta-feira (12), uma resolução que autoriza a Mesa...

    5 Locais que devem fazer parte do seu roteiro ao visitar Parintins no festival

    Primeira vez indo para Parintins, curtir o maior espetáculo a céu aberto do mundo?...

    Wilson Lima toma posse na Executiva Nacional do União Brasil

    Evento marca fortalecimento da presença regional na política nacional Na noite de terça-feira (11), o...

    Mais artigos como este

    Procon-AM notifica empresa da Zona Azul por danos em um veículo

    O Instituto de Defesa do Consumidor (Procon-AM) notificou, nesta quarta-feira (12), a Tecnologias de...

    Após confusões, Câmara aprova projeto que suspende deputados que brigarem

    A Câmara dos Deputados aprovou, nesta quarta-feira (12), uma resolução que autoriza a Mesa...

    5 Locais que devem fazer parte do seu roteiro ao visitar Parintins no festival

    Primeira vez indo para Parintins, curtir o maior espetáculo a céu aberto do mundo?...