domingo, julho 21, 2024
More
    HomeExplicandoExplicando: como vai funcionar o Concurso Nacional Unificado

    Explicando: como vai funcionar o Concurso Nacional Unificado

    Publicado em

    O novo Concurso Público Nacional Unificado vai ofertar 6.590 vagas em 20 órgãos do serviço público federal. As vagas serão preenchidas até 2024, segundo o anúncio feito na última sexta-feira (29/09), pela Ministra da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos, Esther Dweck.

    A ministra espera que o concurso se torne a principal forma de seleção de servidores públicos federais, com realização anual, ou a cada dois anos. Dweck anunciou, também, os objetivos do concurso:

    • Promover acesso igualitário aos cargos públicos;
    • Padronizar procedimentos na aplicação das provas;
    • Aprimorar os métodos de seleção de servidores públicos;
    • Zelar pelo princípio de impessoalidade na seleção dos candidatos em todas as fases e etapas.

    Ainda de acordo com Dweck, o edital do concurso não será muito diferente dos concursos já realizados hoje. “Todo mundo que já se prepara para concursos públicos estará preparado, podem ficar tranquilos. Não haverá mudança radical no conteúdo”, afirmou a ministra.

    Como vai funcionar o concurso? 

    O decreto nº 11.722/2023, que regulamenta o novo modelo de concurso, foi assinado pelo presidente Lula e publicado no Diário Oficial de sexta-feira. De acordo com o texto, o Concurso Nacional terá uma realização conjunta, e simultânea, de concursos públicos em 180 cidades de todo o país, para o preenchimento de vagas nos cargos públicos em órgão e entidades do Poder Executivo Federal.

    São Gabriel da Cachoeira, no Amazonas, também foi incluída na lista de cidades que irão realizar o concurso. O pedido veio da Fundação Nacional dos Povos Indígenas (Funai), por conta da grande população indígena.

    O participante terá a opção de escolher os blocos das áreas de atuação governamental disponíveis. Além de indicar o cargo por ordem de preferência entre as vagas disponíveis no bloco. O concurso será dividido em duas etapas:

    1. Prova Objetiva: com conteúdo igual a todos os candidatos.
    2. Prova Dissertativa: com conteúdos específicos e de acordo com cada bloco temático.

    Até o momento, 20 órgãos aderiram ao Concurso Nacional. São eles:

    Fonte: Governo Federal.

    A publicação do edital do Concurso Nacional Unificado está prevista para até o dia 20 de dezembro. Os concursos nas 180 cidades do país precisam ser realizados até março de 2024, com posse dos novos servidores estando prevista para agosto do ano que vem.

    Fonte: Governo Federal.

    Com informações da Gazeta da Amazônia*

    Últimos Artigos

    Maués ganha murais grafitados com projeto contemplado pela Lei Paulo Gustavo

    Quem visitar a cidade de Maués — a 276 quilômetros de Manaus — agora,...

    Disney Brasil promove festival de incentivo à leitura em Manaus

    Durante o mês de férias escolares, a Disney Brasil realiza o Festival de Histórias,...

    No Brasil, dois celulares são roubados ou furtados por minuto

    O 18° Anuário Brasileiro de Segurança Pública, divulgado na quinta-feira (18) pelo Fórum Brasileiro...

    Califórnia veta exigência de notificação escolar sobre mudança de gênero de alunos

    Gavin Newsom, governador da Califórnia, aprovou a lei que proíbe distritos escolares de aprovar...

    Mais artigos como este

    Maués ganha murais grafitados com projeto contemplado pela Lei Paulo Gustavo

    Quem visitar a cidade de Maués — a 276 quilômetros de Manaus — agora,...

    Disney Brasil promove festival de incentivo à leitura em Manaus

    Durante o mês de férias escolares, a Disney Brasil realiza o Festival de Histórias,...

    No Brasil, dois celulares são roubados ou furtados por minuto

    O 18° Anuário Brasileiro de Segurança Pública, divulgado na quinta-feira (18) pelo Fórum Brasileiro...