quinta-feira, maio 30, 2024
More
    HomePoderBrasilMaioria do garimpo ilegal na Amazônia é em terras indígenas

    Maioria do garimpo ilegal na Amazônia é em terras indígenas

    Publicado em

    spot_img

    Um relatório do Ipam (Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia) divulgado recentemente revelou que o garimpo ilegal tem avançado de forma alarmante na Amazônia, especialmente nas terras indígenas. Entre 2016 e 2022, a área de garimpo cresceu 361% dentro desses territórios, enquanto no restante do bioma o aumento foi de 96%.

    Estima-se que existam mais de 80 mil pontos de garimpo em uma área de 241 mil hectares, concentrados principalmente no noroeste de Roraima, sudoeste e sudeste do Pará, e norte do Mato Grosso e de Rondônia. Essa atividade ilícita impacta diretamente os povos indígenas e suas terras, com ao menos 17 reservas afetadas pelo garimpo.

    As consequências do garimpo vão além da degradação ambiental, alcançando também a saúde dos povos indígenas. O uso de mercúrio na extração de minério contamina os rios, afetando não apenas as comunidades próximas, mas também outras que dependem desses recursos hídricos.

    Apesar dos esforços do governo para conter a atividade ilegal, as investidas do garimpo continuam, como evidenciado na Terra Yanomami, que sofre com violência, malária e insuficiência de apoio governamental. O Ministério do Meio Ambiente destaca a redução das áreas abertas para novos garimpos, mas a presença ilegal persiste, exigindo ações mais efetivas para proteger o meio ambiente e os povos indígenas.

    *Com informações do Estadão Conteúdo

    Últimos Artigos

    Não vai para Parintins? Eventos “bumbás” em Manaus em junho

    Faltam menos de 30 dias para o Festival Folclórico de Parintins e os torcedores...

    Confira a lista dos contemplados para o Bolsa Idiomas

    A Escola de Serviço Público Municipal e Inclusão Socioeducacional da Prefeitura de Manaus anunciou...

    Prefeitura convoca quatro profissionais aprovados em concurso

    Visando suprir as necessidades permanentes de serviço e assegurar a prestação da assistência básica...

    MPF dá 15 dias para Starlink explicar antenas em áreas de garimpo no AM

    Um inquérito civil foi aberto pelo Ministério Público Federal (MPF) e publicado nesta terça-feira...

    Mais artigos como este

    Não vai para Parintins? Eventos “bumbás” em Manaus em junho

    Faltam menos de 30 dias para o Festival Folclórico de Parintins e os torcedores...

    Confira a lista dos contemplados para o Bolsa Idiomas

    A Escola de Serviço Público Municipal e Inclusão Socioeducacional da Prefeitura de Manaus anunciou...

    Prefeitura convoca quatro profissionais aprovados em concurso

    Visando suprir as necessidades permanentes de serviço e assegurar a prestação da assistência básica...