domingo, julho 21, 2024
More
    HomeSociedadeBrasilImóveis sem uso serão destinados para habitação popular

    Imóveis sem uso serão destinados para habitação popular

    Publicado em

    Mais de 500 imóveis em 200 municípios podem ser destinados a projetos habitacionais e equipamentos públicos

    Na segunda-feira (26), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva assinou o decreto que institui o Imóvel da Gente, Programa de Democratização de Imóveis da União, com o propósito de destinar mais de 500 imóveis em 200 municípios a entes federativos, movimentos sociais e setor privado. A iniciativa, conduzida pela Secretaria de Patrimônio da União (SPU), visa construir habitações e equipamentos públicos, priorizando o diálogo federativo e com a sociedade.

    Principais Pontos do Programa:

    1. Destinação Estratégica: O programa busca dar uma destinação estratégica ao patrimônio público por meio de estudos, com foco no diálogo federativo e participação social.
    2. Comitê Interministerial: Foi criado um comitê interministerial para direcionar as ações do programa, além de fóruns estaduais para gestão democrática dos imóveis, coletando demandas locais e apoiando o monitoramento do programa.
    3. Prioridades: As prioridades do programa incluem oferta habitacional, regularização fundiária, urbanização, obras de infraestrutura e equipamentos de políticas públicas, como o Minha Casa Minha Vida (MCMV) Entidades.
    4. Instrumentos de Destinação: Os instrumentos de destinação patrimonial incluem cessões, doações com encargos, entrega para órgãos federais e alienação com permuta.
    5. INSS: O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) também possui 3.213 imóveis não operacionais, dos quais 483 foram identificados como elegíveis para o programa.
    6. Entregas: Já foram anunciadas quatro entregas no âmbito do programa, incluindo a cedência de um imóvel na Bahia para construção de uma escola.

    O Programa Imóvel da Gente abrange imóveis sem destinação definida, como áreas urbanas vazias, prédios vazios, conjuntos habitacionais e núcleos urbanos informais. A iniciativa visa ampliar o cadastro por meio dos fóruns estaduais, priorizando parcerias com movimentos sociais e a destinação para equipamentos sociais.

    Com informações da Agência Brasil*

    Últimos Artigos

    Maués ganha murais grafitados com projeto contemplado pela Lei Paulo Gustavo

    Quem visitar a cidade de Maués — a 276 quilômetros de Manaus — agora,...

    Disney Brasil promove festival de incentivo à leitura em Manaus

    Durante o mês de férias escolares, a Disney Brasil realiza o Festival de Histórias,...

    No Brasil, dois celulares são roubados ou furtados por minuto

    O 18° Anuário Brasileiro de Segurança Pública, divulgado na quinta-feira (18) pelo Fórum Brasileiro...

    Califórnia veta exigência de notificação escolar sobre mudança de gênero de alunos

    Gavin Newsom, governador da Califórnia, aprovou a lei que proíbe distritos escolares de aprovar...

    Mais artigos como este

    Maués ganha murais grafitados com projeto contemplado pela Lei Paulo Gustavo

    Quem visitar a cidade de Maués — a 276 quilômetros de Manaus — agora,...

    Disney Brasil promove festival de incentivo à leitura em Manaus

    Durante o mês de férias escolares, a Disney Brasil realiza o Festival de Histórias,...

    No Brasil, dois celulares são roubados ou furtados por minuto

    O 18° Anuário Brasileiro de Segurança Pública, divulgado na quinta-feira (18) pelo Fórum Brasileiro...