sábado, abril 13, 2024
More
    HomePoderAmazonasJaneiro Branco: turismo amazônico ajuda no equilíbrio emocional

    Janeiro Branco: turismo amazônico ajuda no equilíbrio emocional

    Publicado em

    spot_img

    Cercado por belas paisagens naturais, o Amazonas permite o turismo de contemplação proporcionando a imersão nos cheiros e cores da fauna e flora regional 

    Desfrutar de belas paisagens naturais, sejam elas cachoeiras, trilhas, florestas, praias, cavernas, pôr do sol e outros ambientes que permitam um contato mais profundo com a fauna e flora são excelentes aliados no cuidado com a saúde mental, que é foco principal da campanha Janeiro Branco, mês dedicado a promoção de hábitos e ambientes saudáveis para a mente. Dentro desse cenário, o Amazonas é cercado por paisagens fascinantes, que permitem a prática do turismo de contemplação, proporcionando experiências transformadoras em sintonia com a natureza.

    “Esse contato com a natureza ajuda no processo de relaxamento que é fundamental para que a gente se reconecte e volte ao eixo”, afirma a médica Silvana Nascimento, especialista em psiquiatria, fundadora e diretora executiva da clínica Pensare Saúde Mental, primeiro hospital-dia da região Norte.

    De acordo com ela, a rotina dos grandes centros urbanos tem contribuído para o aumento dos níveis de estresse da população, o que causa danos à saúde mental, incluindo transtornos como depressão, ansiedade e pânico.

    Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) apontaram que em 2023, 5,8% dos brasileiros sofreram de depressão, o equivalente a 11,7 milhões de pessoas. Para alertar sobre a importância dos cuidados com a saúde mental da população, o Janeiro Branco, criado em 2014, vem ganhando força para o bem-estar de todos.

    “Ela tem o papel de informar como a população pode se cuidar para a prevenção dessas doenças decorrentes, principalmente, do estresse. A campanha prioriza a saúde mental que engloba também a saúde física, um complementa o outro, buscando encontrar o ponto de equilíbrio”, explica a médica.

    Sintomas

    Os primeiros sinais de alerta do corpo são insônia, irritabilidade, perda de memória e concentração. Já a longo prazo, envolve alteração de colesterol, glicemia, pressão arterial, baixa imunidade, alergias e nos casos mais graves até formação de tumores, além de repercussões mentais, como é o caso da ansiedade e da depressão.

    Silvana destaca ainda que o contato com as paisagens naturais é uma das formas mais saudáveis de cuidar da saúde mental e melhorar a qualidade de vida. E apreciar o que há de mais belo no meio ambiente como respirar o ar puro, apreciar os pássaros, banhar-se na cachoeira e outras atividades na natureza é o foco do turismo de contemplação.

    “Já existem pesquisas que indicam que o turismo de contemplação faz muito bem para o corpo e mente, por ser  um momento onde você fica longe de rede social, desconectado da tecnologia e de todo cenário estressor. Então, permita-se viver essa experiência transformadora”, completa a especialista.

    Cercado por belas paisagens naturais, o Amazonas permite a prática proporcionando a imersão nos cheiros e cores da fauna e flora regional, além de incentivar a preservação do meio ambiente. A Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur) indica alguns atrativos turísticos do estado que proporcionam esse cenário.

    Praia da Lua

    Praia da Lua – Manaus, Amazonas Foto Sonya Gencheva

    É uma extensão de areia branquinha em formato de meia-lua, águas calmas, uma natureza exuberante e muito verde ao redor. A faixa de areia se transforma conforme a época do ano.

    O acesso é realizado por barco/lancha, partindo da Marina do Davi, todos os dias, das 7h às 18h. A viagem custa R$ 10 por pessoa (R$ 20, ida e volta) e dura cerca de 10 minutos.

    A travessia de lancha é feita pela Cooperativa dos Profissionais de Transporte Fluvial da Marina do Davi (Acamdaf), certificada como agência e transportadora turística pela Amazonastur.

    Musa

    Torre tem 42 metros de altura. Para chegar ao topo são 242 degraus (Foto: Camila Henriques/G1 AM)

    A imponente torre de aço do Museu da Amazônia (Musa), com seus 42 metros de altura, 242 degraus e uma base de 81 m², destaca-se majestosamente na floresta, equiparando-se às altas árvores ao seu redor. Suas três plataformas, situadas a 14, 28 e 42 metros de altura, oferecem a cerca de 30 visitantes a oportunidade de observar pássaros e vegetação de forma silenciosa, proporcionando uma experiência única de birdwatching. A prática de observação de aves está disponível por R$60.

    A torre funciona de segunda a domingo (exceto quartas-feiras), das 9h às 17h (o portão de entrada do Musa fecha às 16h). Nascer e pôr do sol, observação de aves e visitas em horários especiais devem ser agendados.

    Cachoeira de Iracema

    Foto: Lucia Barreiros da Silva

    Localizado a 107 quilômetros de Manaus, o município de Presidente Figueiredo é amplamente reconhecido por abrigar mais de 100 cachoeiras. Entre essas maravilhas naturais, destaca-se a Cachoeira de Iracema, situada no Parque Ecológico Iracema Falls. Este parque não só oferece a beleza da Cachoeira de Iracema, mas também inclui a cachoeira das Araras, grutas, trilhas, além de opções de hospedagem em hotel e restaurante.

    Para conhecer o Amazonas

    Para saber mais opções de turismo de contemplação, o visitante pode acessar o Amazonas to Go, que é uma iniciativa do Governo do Amazonas, para auxiliar os turistas a explorar os atrativos turísticos, encontrar hospedagem, obter informações sobre telefones úteis e muito mais.

    As agências turísticas autorizadas para conduzir visitas à região podem ser localizadas no site Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos (Cadastur) https://cadastur.turismo.gov.br/ ou acessadas através do chatbot Amazonas to Go, disponível 24 horas, via WhatsApp, pelo número +55 92 9356-8775. Além disso, os QR Codes estão disponíveis em cartazes distribuídos nos principais pontos turísticos do Amazonas.

     

    Últimos Artigos

    Aplicativo monitora prédios e imóveis históricos do Centro

    Os primeiros testes com o uso do aplicativo ArcGIS Field Maps, feitos por equipes...

    Programas pioneiros e mãos e obras, veja lista:

    A concessionária Águas de Manaus divulgou a lista dos 90 selecionados para os programas...

    Concurso Unificado: Informações sobre o local das provas

    A ministra da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI), Esther Dweck, anunciou...

    Lula vai vetar proibição de visitas familiares a presos

    Durante entrevista à imprensa no Palácio do Planalto, o ministro da Justiça e Segurança...

    Mais artigos como este

    Aplicativo monitora prédios e imóveis históricos do Centro

    Os primeiros testes com o uso do aplicativo ArcGIS Field Maps, feitos por equipes...

    Programas pioneiros e mãos e obras, veja lista:

    A concessionária Águas de Manaus divulgou a lista dos 90 selecionados para os programas...

    Concurso Unificado: Informações sobre o local das provas

    A ministra da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI), Esther Dweck, anunciou...