quarta-feira, junho 12, 2024
More
    HomeEm AltaObras para recuperação de pontes na BR-319 não avançam; 120 mil pessoas...

    Obras para recuperação de pontes na BR-319 não avançam; 120 mil pessoas são prejudicadas

    Publicado em

    spot_img

    O desabamento de duas pontes na BR-319, em setembro e outubro de 2022, continua causando transtornos para as quase 120 mil pessoas que trafegam por mês na rodovia Manaus–Porto Velho. Isso porque as estruturas temporárias que foram montadas continuam sendo precárias para a passagem de pessoas e veículos.

    A primeira ponte a desabar, em setembro de 2022, foi a ponte sobre o rio Curuçá, no Km 23 da BR-319, no município do Careiro da Várzea. O acidente resultou na morte de 4 pessoas e deixou outras 14 feridas. No local, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) colocou uma balsa para realizar a travessia.

    Posteriormente, em 8 de outubro do ano passado, a ponte sobre o rio Autaz Mirim, no Km 25, também cedeu e desabou, mas dessa vez sem mortos ou feridos. O local teve um trecho aterrado de ponta a ponta.

    Segundo o Dnit, o processo para reconstrução das duas pontes já foi iniciado e perfaz o total de R$ 43,7 milhões em recursos. O investimento da ponte do rio Curuçá é de aproximadamente R$ 24,8 milhões. Já a construção da travessia sobre o rio Autaz Mirim terá investimento de aproximadamente R$ 18,9 milhões. A primeira ponte, do rio Curuçá, tem data de entrega prevista para outubro deste ano.

    A dificuldade para a travessia deve aumentar com o início do período de seca (em agosto). Com os acidentes, autoridades da região têm buscado chamar a atenção do Governo Federal para essa situação. Embora a ponte sobre o rio Curuçá tenha passado por reparos emergenciais, essas medidas provisórias não solucionaram os problemas de transporte causados pela ausência da ponte.

    Impactos para a população

    Enquanto as obras não são iniciadas, a população dos municípios afetados sofre com diversos problemas de logística. Vereadores e representantes dos municípios afetados pelos desabamentos das pontes – Autazes, Careiro Castanho, Careiro da Várzea, Nova Olinda do Norte e Manaquiri – estiveram na Aleam em busca de apoio para a recuperação das pontes.

    Aproximadamente 120 mil pessoas utilizam a BR-319 em um período de 30 dias, e esses trechos danificados têm causado problemas como escassez de combustível, alimentos e suprimentos agrícolas, devido a dificuldades logísticas e de transporte de mercadorias, que não conseguem chegar aos municípios com a principal rota comprometida.

    Governador conversa com ministro dos Transportes

    O governador do Amazonas, Wilson Lima (UB), conversou com o ministro dos Transportes, Renan Filho. O ministro garantiu que as obras nas pontes da BR-319, assim como as reparações pendentes na BR-174 seriam iniciadas num prazo de 30 dias. A conversa aconteceu no dia 17 de maio.

    “Essas obras são importantes e decisivas para o estado do Amazonas: a BR-319, com a ligação do estado do Amazonas com o restante do Brasil, e a BR-174 que faz a ligação entre o estado do Amazonas e o estado de Roraima”, destacou o governador, na ocasião.

    Visita do Superintendente do Dnit

    O novo superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) no Amazonas, Luciano Moreira Filho, concordou em comparecer à Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) no dia 7 de junho para responder questionamentos dos deputados estaduais sobre a recuperação das pontes que caíram na BR-319. De acordo com o deputado Roberto Cidade (UB), foi preciso mais de dez convites até que o superintendente respondesse de forma positiva, no entanto, o superintendente não compareceu e nem enviou representante para prestar contas. 

    Leia mais:
    Pontes que caíram em setembro ainda não foram recuperadas
    Wilson Lima vai decretar emergência sobre as pontes da BR-319
    Justiça, a pedido do MPF, suspende obras da BR-319 no AM

    Com informações da Gazeta da Amazônia*

    Últimos Artigos

    5 Locais que devem fazer parte do seu roteiro ao visitar Parintins no festival

    Primeira vez indo para Parintins, curtir o maior espetáculo a céu aberto do mundo?...

    Wilson Lima toma posse na Executiva Nacional do União Brasil

    Evento marca fortalecimento da presença regional na política nacional Na noite de terça-feira (11), o...

    Governo federal anula leilão e cancela compra de arroz importado

    O governo federal decidiu anular o leilão realizado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab)...

    Aleam aprova moção de reconhecimento do feminicídio de Julieta Hernández

    A Assembleia Legislativa do Amazonas (ALEAM) aprovou uma moção de apelo para que o...

    Mais artigos como este

    5 Locais que devem fazer parte do seu roteiro ao visitar Parintins no festival

    Primeira vez indo para Parintins, curtir o maior espetáculo a céu aberto do mundo?...

    Wilson Lima toma posse na Executiva Nacional do União Brasil

    Evento marca fortalecimento da presença regional na política nacional Na noite de terça-feira (11), o...

    Governo federal anula leilão e cancela compra de arroz importado

    O governo federal decidiu anular o leilão realizado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab)...