terça-feira, junho 18, 2024
More
    HomeCotidianoDragões do Império é a vencedora do Grupo A em Manaus

    Dragões do Império é a vencedora do Grupo A em Manaus

    Publicado em

    spot_img

    O Grêmio Recreativo Escola de Samba (GRES) Dragões do Império é a nova campeã do desfile das escolas do Grupo de Acesso A do Carnaval de Manaus 2023. Dessa forma, a escola se consagra para o Grupo Especial do carnaval do ano que vem.

    A apuração dos resultados ocorreu às 14h desta segunda-feira (20) no Bloco C do Sambódromo de Manaus, a escola ganhou o título com 286,6 pontos válidos.

    Para o presidente da escola, Carlos Silva, o sentimento é de alegria. Ele aproveitou o momento para dedicar o prêmio aos colaboradores e integrantes da Escola de Samba.

    “É muito bom voltar a ser especial. Eu dedico a vitória a toda minha diretoria e todo mundo que ajudou, ao Bosquinho Poeta, a minha esposa e todas as pessoas que se eu for citar nomes vai ficar difícil. Estamos trabalhando desde julho, viajamos duas vezes para São Paulo para comprar material. Foi um planejamento muito grande. É um sentimento de alegria. São Jorge está em festa”, destacou o presidente.

    O titular da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa (SEC-AM), Marcos Apolo Muniz, que esteve presente na bancada de apuração, ressaltou que o retorno do Carnaval presencial possibilitou a valorização da cultura do Amazonas e geração de renda para o Estado.

    “É uma alergia ver o retorno do Carnaval de forma presencial. Esse grande espetáculo é certamente importante não só para as comunidades, mas também para a valorização da cultura do nosso Estado e acima de tudo pela possibilidade de geração de trabalho e renda para todo os profissionais que atuam na área”, declarou Muniz.

    Enredo

    Neste ano, a escola homenageou o empresário, escritor, poeta e compositor amazonense João Bosco Rocha, com o enredo ‘Bosquinho Poeta – A Estrela Poética de um Sonhador Hoje Reina na Dragões do Império’.

    Nascido em Manaus, Bosquinho é autor dos livros ‘Memórias Poéticas de Um Sonhador’ (2003, 2006), ‘O Testemunho das Estrelas’ (2015) e ‘Sentimentalidades da Alma’ (2021).

    Tem poemas publicados nas antologias ‘Poiesis’ Vol. 3 (2021), ‘Coletânea Imortais IV’ (2021), ‘O melhor poeta contemporâneo’ (2020) e ‘A imortalidade amazônica’ (2017).

    Em sua rede social, Bosquinho agradeceu e disse estar muito feliz com “essa homenagem e esse reconhecimento”.

    Grupo de Acesso B 

    O Grêmio Recreativo Escola de Samba (GRES) Unidos da Cidade Nova conquistou a vitória do desfile das escolas de samba do Grupo de Acesso B.

    Apesar das penalidades registradas por falta de componentes mínimos em algumas alas, a agremiação conquistou 267,7 pontos e se consagrou campeã do grupo de acesso B, fazendo com a escola se classifique para o Grupo de Acesso A do ano que vem.

    Para o vice-presidente da escola, Nestor Bendelack, a vitória é dedicada a todos os membros da agremiação que partiram devido a pandemia de Covid-19.

    “Estamos homenageando o Pai Antônio e a todos os irmãos que partiram nessa pandemia, perdemos muitos amigos e colegas. Estamos orgulhosos para levar para nossa escola mais um troféu”, descreveu o vice-presidente.

    A alegria dos integrantes da Escola ao receberem o troféu (Foto: Junio Matos)

    Pai Antônio, mais conhecido como Obá Tudessi de Xangô, um dos homenageados durante a apresentação da escola na avenida do Samba, não conteve as lágrimas ao segurar mais o troféu – a última vez que venceu levando o nome da escola foi há exatos 10 anos.

    “Em 2013 quando botei a Cidade Nova no ar foi uma grande responsabilidade e este ano foi um desafio novamente. A Cidade Nova está de parabéns. Mesmo debaixo de chuva, noites sem dormir. Quando se ama o que faz, nós conseguimos. A Cidade Nova é amor e paixão. É vermelho, azul e branca”, declarou o sambista homenageado.

     O desfile

    O Unidos da Cidade Nova foi a última escola a desfilar na avenida do Samba e enveredou pelos caminhos das religiões afro-brasileiras com o enredo “Cidade Nova é fogo e Justiça, Xangô no reino do Norte”.

    Xangô e sua corte foram apresentados em 10 alas, ao comando da bateria “Entre todos os reinos”, mais duas alegorias: “Xangô, o Rei Absoluto” e “Festa na Pedreira”.

    *Com informações do Jornal ACrítica

    Leia mais:
    Mocidade Independente de Aparecida é campeã em Manaus
    Bancos não funcionam no feriadão de Carnaval
    Carnaval: Prefeitura alerta banhistas para cuidados na Ponta Negra

    Últimos Artigos

    Festival de Parintins: 5 locais para tirar uma selfie perfeita!

    Os encantos naturais da Ilha Tupinambarana fascinam os visitantes que vêm para o festival....

    Brena Dianná lidera pesquisa para a prefeitura de Parintins

    Em nova pesquisa de intenção de votos para a Prefeitura de Parintins, a vereadora...

    Prefeitura de Manaus lança 3ª edição do “Manaus Adventure 2024”

    Evento promete ser a maior competição de turismo esportivo e de aventura da região...

    Festival de Parintins: cuidados com alimentação e exposição ao sol

    A Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM) orienta os participantes do 57º...

    Mais artigos como este

    Festival de Parintins: 5 locais para tirar uma selfie perfeita!

    Os encantos naturais da Ilha Tupinambarana fascinam os visitantes que vêm para o festival....

    Brena Dianná lidera pesquisa para a prefeitura de Parintins

    Em nova pesquisa de intenção de votos para a Prefeitura de Parintins, a vereadora...

    Prefeitura de Manaus lança 3ª edição do “Manaus Adventure 2024”

    Evento promete ser a maior competição de turismo esportivo e de aventura da região...