quarta-feira, maio 29, 2024
More
    HomeSociedadeAmazonasWilson Lima diz a Lula prioridades do AM: ZFM, BR-319 e floresta

    Wilson Lima diz a Lula prioridades do AM: ZFM, BR-319 e floresta

    Publicado em

    spot_img

    O governador Wilson Lima (União Brasil) anunciou nesta quinta-feira (26) as três prioridades do estado do Amazonas que vai apresentar como demanda ao governo Lula da Silva (PT).

    Dessa forma, as listas de prioridades são: a defesa da Zona Franca de Manaus (ZFM), a pavimentação da BR-319 (Manaus-Porto Velho) e o combate ao desmatamento no sul do Amazonas.

    O anúncio de Lima foi feito na primeira reunião do ano do fórum de governadores, realizada em Brasília.

    Esse encontro foi uma prévia da reunião que os governadores dos 26 estados e do Distrito Federal terão amanhã de manhã – sexta-feira (27) – com o presidente Lula, no Palácio do Planalto.

    De acordo com o secretário de assuntos federativos da Secretaria de Relações Institucionais do governo federal, André Ceciliano, cada estado vai indicar três projetos locais e um de impacto regional.

    “Nós, do estado Amazonas, temos algumas questões que são sensíveis e que vamos discutir em outro momento, mas têm alguns projetos que são de interesse local e regional que a gente não vai abrir mão”.

    De acordo com Lima, primeiramente vem a proteção da Zona Franca de Manaus (ZFM).

    “E aí me preocupa muito as discussões do nosso polo industrial no contexto da reforma tributária. Portanto, o Amazonas e os demais estados precisam estar inseridos”.

    Segundo o governador, o Amazonas não perde receita somente quando a reforma tributária vier, mas já perde recursos neste momento quando se fala em acabar com o IPI (imposto de produtos industrializados).

    Reforma tributária

    Lima também apontou alguns caminhos para a reforma tributária e que o Amazonas pretende apresentar ao governo federal.

    Por exemplo, citou a revisão da cobrança do ICMS na origem e destino, visto que o estado é praticamente produtor e muito pouco consumidor. Logo, a mudança do imposto será prejudicial à economia amazonense.

    “Com relação ao IPI, ele é o principal imposto que compõe essa cesta de incentivos a empresas que estão no Amazonas. Então, a gente não pode prescindir desse imposto. Portanto, se acabar com IPI, será o fim da ZFM”.

    BR-319 e desmatamento

    A outra prioridade é a pavimentação da BR-319, considerada pelo governador como rodovia de interesse local e regional.

    E a terceira prioridade é o combate ao desmatamento da floresta no sul do Amazonas por conta das intensas atividade madeireira, agrária e agropecuária naquela região.

    “É bom lembrar que 80% das queimadas e dos alertas de desmatamento que acontecem ali são em áreas de responsabilidade do governo federal. Logo, o governo precisa estar mais presente, por meio dos seus órgãos de fiscalização”, disse Lima.

    Apesar disso, conforme ele, “o Governo do Amazonas realiza uma operação permanente [Tamoiotatá] que já faz esse controle, respeitando quem está trabalhando dentro da legalidade, mas combatendo com firmeza as ações ilegais”.

    Perda de receitas

    Entre as prioridades que os estados e regiões vão levar a Lula estão a retomada do diálogo com o governo federal, o pacto federativo e a perda de receitas.

    Outro assunto pautado e discutido no encontro dos governadores foi sobre a limitação de arrecadação que as leis complementares 192/2022 e 194/2022 provocaram no Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) incidente sobre combustíveis, energia elétrica, serviços de comunicação e transporte público.

    Com as duas normas, os estados e o DF preveem perdas na ordem de R$ 38,3 bilhões em arrecadação com o imposto.

    É justamente uma forma de repor o caixa que os governadores voltaram a discutir o assunto nesta quinta-feira.

    Segundo Lima, a perda de receita do Amazonas com as leis do ICMS dos combustíveis chega a R$ 1 bilhão por ano.

    E são os caminhos para a recomposição das receitas que os governadores vão debater com Lula na reunião de amanhã.

    “Essa é a nossa pauta prioritária, junto ao governo, mas também ressaltar a importância desta abertura de diálogo entre governo federal e os estados. Pois, assim é que vamos manter o pacto federativo entre União, estado e municípios”, disse o governador.

    Leia mais:
    Wilson vê ‘ignorância’ ou ‘maldade’ contra a ZFM
    Alckmin garante que ZFM está no plano de reindustrialização
    Explicando: Reforma Tributária Zona Franca de Manaus

    Últimos Artigos

    Governo define regras para uso de câmeras corporais por policiais

    O Ministério da Justiça e Segurança Pública anunciou nesta terça-feira (28) novas diretrizes para...

    Omar Aziz declara voto contra a PEC das praias

    O senador Omar Aziz (PSD-AM) anunciou sua oposição à PEC 03/2022, que visa transferir...

    Procon-AM orienta sobre pacotes turísticos para o Festival de Parintins

    O 57º Festival de Parintins está se aproximando, acontecendo nos dias 28, 29 e...

    Luminárias de LED do Programa Ilumina+ Amazonas são produzidas na ZFM

    Os produtos têm garantia de cinco anos e contribuem para a geração de cerca...

    Mais artigos como este

    Governo define regras para uso de câmeras corporais por policiais

    O Ministério da Justiça e Segurança Pública anunciou nesta terça-feira (28) novas diretrizes para...

    Omar Aziz declara voto contra a PEC das praias

    O senador Omar Aziz (PSD-AM) anunciou sua oposição à PEC 03/2022, que visa transferir...

    Procon-AM orienta sobre pacotes turísticos para o Festival de Parintins

    O 57º Festival de Parintins está se aproximando, acontecendo nos dias 28, 29 e...