quarta-feira, junho 12, 2024
More
    HomeEm AltaProfessores: Prefeitos dizem não ter como pagar novo piso

    Professores: Prefeitos dizem não ter como pagar novo piso

    Publicado em

    spot_img

    As prefeituras do interior do Amazonas não têm condições de pagar o novo piso salarial de R$ 4.420,55 a professores, afirmou o presidente da AAM (Associação Amazonense de Municípios), Anderson Souza, em vídeo divulgado nesta quarta-feira (18). O presidente da entidade pede que o Ministério da Educação reavalie a medida.

    O reajuste de quase 15% foi anunciado na segunda-feira (16), pelo ministro da Educação, Camilo Santana. Antes, o salário inicial era de R$ 3.845,63.

    “Eu entendo que é muito importante o aumento do salário dos professores. Eu sou professor e, como presidente da Associação dos Municípios, eu tenho mais que incentivar os prefeitos a aumentarem os salários dos professores para que nós possamos ter Educação de qualidade”, disse Anderson.

    “Mas eu tenho que dizer de forma muito clara que a Portaria 17/2023 [que efetivou o reajuste do piso salarial] está completamente fora dos princípios legais”, completou Anderson.

    De acordo com a CNM (Confederação Nacional de Municípios), há um vácuo legislativo que coloca em risco a segurança jurídica de aplicação do reajuste do piso, pois se baseia em critérios que remetem à Lei 11.494/2007, do antigo Fundeb, revogada pela Lei 14.113/2020, de regulamentação do novo Fundeb.

    “Estamos reunindo em Brasília com todos os representantes dos municípios, e nós iremos mostrar que não temos condições de pagar”, disse Anderson.

    Os prefeitos pedem que o Ministério da Educação apresente uma proposta para compensar . “Pedimos que o ministério reavalie e encontre uma solução de colocar à disposição de todos os municípios o recurso que ele fez jus a esse aumento a professores de 14,95%”, afirmou Anderson.

    “Os municípios no Brasil, não é apenas no Amazonas, não terão condições de cumprir esta regra específica, a não ser as capitais que tem o ICMS diferenciado, que tem seus tributos completamente diferenciados do interior do Brasil”, completou Anderson.

    Nesta quarta-feira (18), em evento para renovar convênio com o Governo do Amazonas para garantir passagem gratuita a estudantes de escolas públicas, o prefeito de Manaus, David Almeida (Avante), disse que o aumento do piso não gerará aumento de despesas para o Município de Manaus. Segundo ele, a prefeitura paga muito além do piso.

    “A Prefeitura já paga muito acima. A Prefeitura de Manaus, até o ano passado, pagava o terceiro melhor salário do Brasil para os seus professores. Pagamos praticamente R$ 1 mil a mais do que o que foi aumentado pelo Ministério”, disse David.

    Na rede municipal de educação, o vencimento de um professor de nível superior, em início de carreira, com carga horária de 20 horas semanais, é de R$ 2.343,03 e do professor com carga horária de 40 horas semanais, de R$ 4.686,06.

    Leia mais:
    Reajuste dos professores não impacta a Prefeitura, diz David
    Professores: CNM recomenda que prefeituras não cumpram reajuste
    Piso nacional dos professores sobe para R$ 4.420,55

    Mais informações.

    Últimos Artigos

    Entenda a importância do “vazio sanitário” da soja no Amazonas

    Entre os dias 10 de junho e 10 de setembro de 2024, o cultivo...

    Lotes no ‘Nova Manaus’ custarão R$500; veja como se inscrever

    O Programa de Alienação de Lotes Urbanos Públicos, da Prefeitura de Manaus, oferecerá lotes...

    Casas de aposta online devem ser regularizadas até janeiro

    As empresas de apostas esportivas e jogos online no Brasil terão até o fim...

    Ex-presidente do Caprichoso, Jender Lobato é o novo diretor da Manauscult

    O advogado Jender Lobato foi nomeado pelo prefeito de Manaus, David Almeida, como o...

    Mais artigos como este

    Entenda a importância do “vazio sanitário” da soja no Amazonas

    Entre os dias 10 de junho e 10 de setembro de 2024, o cultivo...

    Lotes no ‘Nova Manaus’ custarão R$500; veja como se inscrever

    O Programa de Alienação de Lotes Urbanos Públicos, da Prefeitura de Manaus, oferecerá lotes...

    Casas de aposta online devem ser regularizadas até janeiro

    As empresas de apostas esportivas e jogos online no Brasil terão até o fim...