quarta-feira, junho 12, 2024
More
    HomePoderAmazonasJustiça revoga restrições de ex-governador José Melo e ex-primeira-dama

    Justiça revoga restrições de ex-governador José Melo e ex-primeira-dama

    Publicado em

    spot_img

    O Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) revogou as restrições impostas ao ex-governador do Amazonas, José Melo, presos em 2018 durante a Operação Maus Caminhos.

    Com a decisão, publicada na quarta-feira (30), Melo e Edilene não precisam mais comparecer periodicamente à Justiça para informar atividades. Além disso, a medida autoriza o casal a se ausentar país, sair de casa durante a noite ou nos dias de folga de trabalho, entre outras.

    Em junho deste ano, o ex-governador e a ex-primeira-dama conseguiram na Justiça a retirada das tornozeleiras eletrônicas e o direito de responder pelos crimes em liberdade provisória, mas com uma série de restrições, que agora foram revogadas pela 8ª Vara Criminal de Manaus.

    Na revogação das medidas cautelares, a juíza Patrícia Macêdo de Campos cita que “não há elementos concretos nos autos que evidencie que os Réus sejam um potencial risco à aplicação da lei penal, à investigação ou à instrução criminal, muito menos são propensos à prática de infrações penais”.

    A juíza decide, por fim, pela revogação das seguintes medidas cautelares impostas aos Réus:

    • Comparecimento periódico em juízo, no prazo e nas condições fixadas pelo juiz, para informar e justificar atividades;
    • Proibição de acesso ou frequência a determinados lugares quando, por circunstâncias relacionadas ao fato, deva o indiciado ou acusado permanecer distante desses locais para evitar o risco de novas infrações;
    • Proibição de manter contato com pessoa determinada quando, por circunstâncias relacionadas ao fato, deva o indiciado ou acusado dela permanecer distante;
    • Proibição de ausentar-se da Comarca quando a permanência seja conveniente ou necessária para a investigação ou instrução;
    • Recolhimento domiciliar no período noturno e nos dias de folga quando o investigado ou acusado tenha residência e trabalho fixos.

    Leia mais:
    Bolsonaro critica CPI e diz que Omar levou ‘catrapo’ de deputado amazonense
    Aleam aprova PL que reconhece petshop como atividade essencial no AM
    Governistas criticam “superpedido” de impeachment

    Últimos Artigos

    Entenda a importância do “vazio sanitário” da soja no Amazonas

    Entre os dias 10 de junho e 10 de setembro de 2024, o cultivo...

    Lotes no ‘Nova Manaus’ custarão R$500; veja como se inscrever

    O Programa de Alienação de Lotes Urbanos Públicos, da Prefeitura de Manaus, oferecerá lotes...

    Casas de aposta online devem ser regularizadas até janeiro

    As empresas de apostas esportivas e jogos online no Brasil terão até o fim...

    Ex-presidente do Caprichoso, Jender Lobato é o novo diretor da Manauscult

    O advogado Jender Lobato foi nomeado pelo prefeito de Manaus, David Almeida, como o...

    Mais artigos como este

    Entenda a importância do “vazio sanitário” da soja no Amazonas

    Entre os dias 10 de junho e 10 de setembro de 2024, o cultivo...

    Lotes no ‘Nova Manaus’ custarão R$500; veja como se inscrever

    O Programa de Alienação de Lotes Urbanos Públicos, da Prefeitura de Manaus, oferecerá lotes...

    Casas de aposta online devem ser regularizadas até janeiro

    As empresas de apostas esportivas e jogos online no Brasil terão até o fim...