quarta-feira, maio 29, 2024
More
    HomeUncategorizedAmazonas tem queda nas taxas de internações por seis semanas seguidas

    Amazonas tem queda nas taxas de internações por seis semanas seguidas

    Publicado em

    spot_img

    Desde a chegada da pandemia do coronavírus ao Amazonas, o estado chegou a viver à beira de um colapso da rede pública de saúde, com os leitos de hospitais chegando a quase 90% de ocupação. Até o início de maio, mais de 860 estavam hospitalizadas. A partir daí, por seis semanas consecutivas, a Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM) passou a observar uma redução significativa nesses números.

    A atualização de análise de dados mais recentes é referente à semana de 14 a 20 de junho. Nessa semana foram 172 internações, segundo a FVS, em dados do Boletim Epidemiológico semanal de análise da evolução da Covid-19 no estado.

    Em um comparativo gráfico, a Fundação evidencia a queda significativa das taxas de hospitalização desde o pico de 862 internados na semana que foi de 3 a 9 de maio. Comparada com a atualização mais atual, a queda no número de internações foi de 80%.

    O primeiro grande salto no número de internados no estado foi registrado ainda no começo de abril, quando o número saltou de 165 internados para 335 em todo o estado. A partir daí, progressivamente, os índices foram aumentando ao longo de abril – quando a a rede pública chegou a ter quase 90% dos leitos ocupados.

    Os altos índices se estenderam ainda até o final de maio – ainda que o pico tenha sido na primeira semana. Durante todo o mês, o Amazonas não chegou a ter registro semanal com número abaixo de 400 internações. Mas teve queda gradativa, dando início à sequência de seis semanas seguidas de recuo nos registros.

    Em junho foi quando os números voltaram a ficar abaixo de 400, com 359 internados na primeira semana. Na sequência, semanalmente, os registros foram de 232 e 172. (Veja gráfico abaixo).

    Nesse total acumulado (da primeira quinzena de março até o dia 20 de junho), a FVS aponta no relatório que foram 5.907 internados – de um total de 62.902 contaminados à época do último levantamento. Manaus concentrou 3.743 dessas hospitalizações, enquanto o interior registrou 2.164.

    Interior supera Manaus

    Em certo momento, o interior passou a superara capital nos números de internação. Essa mudança aconteceu paralelamente à queda de registros gerais no estado, apontando uma descentralização das hospitalizações gerais na capital.

    Essa “virada” teve início na última semana de maio, quando Manaus teve 194 internados, enquanto o interior marcou 222. O mesmo se repetiu nas três semanas seguintes, como mostra o gráfico. Ainda assim, há um acompanhamento no padrão de redução.

    Últimos Artigos

    Governo define regras para uso de câmeras corporais por policiais

    O Ministério da Justiça e Segurança Pública anunciou nesta terça-feira (28) novas diretrizes para...

    Omar Aziz declara voto contra a PEC das praias

    O senador Omar Aziz (PSD-AM) anunciou sua oposição à PEC 03/2022, que visa transferir...

    Procon-AM orienta sobre pacotes turísticos para o Festival de Parintins

    O 57º Festival de Parintins está se aproximando, acontecendo nos dias 28, 29 e...

    Luminárias de LED do Programa Ilumina+ Amazonas são produzidas na ZFM

    Os produtos têm garantia de cinco anos e contribuem para a geração de cerca...

    Mais artigos como este

    Governo define regras para uso de câmeras corporais por policiais

    O Ministério da Justiça e Segurança Pública anunciou nesta terça-feira (28) novas diretrizes para...

    Omar Aziz declara voto contra a PEC das praias

    O senador Omar Aziz (PSD-AM) anunciou sua oposição à PEC 03/2022, que visa transferir...

    Procon-AM orienta sobre pacotes turísticos para o Festival de Parintins

    O 57º Festival de Parintins está se aproximando, acontecendo nos dias 28, 29 e...