terça-feira, abril 23, 2024
More
    HomeSociedadeAmazonasFotógrafa amazonense arrecada 150kg de alimentos para escola-orfanato da África

    Fotógrafa amazonense arrecada 150kg de alimentos para escola-orfanato da África

    Publicado em

    spot_img

    Educação e solidariedade: essas duas palavras marcam de maneira especial a vida da fotógrafa Laiz Neves, de 27 anos. Durante dez dias, Laiz divulgou uma campanha on-line para arrecadar donativos em prol da Saint Barnabás Mission School, uma escola-orfanato localizada no subúrbio de Mumbasa, segunda maior cidade do Quênia, na África.

    Laiz cresceu assistindo o esforço de sua mãe para manter a escola de ensino infantil que, há 36 anos, presta serviços educacionais na Zona Centro-Oeste de Manaus. Sua convivência diária com educação básica e a consciência de ser filha adotiva, levaram Laiz até essa, que segundo ela, foi a viagem mais significante de sua vida.

    “A minha admiração pela África começou quando ainda era criança, acredito que como muitos da minha geração: Assistindo ao filme Rei Leão“, contou Laiz entre risos durante entrevista por telefone ao Portal Projeta. A fotógrafa conta que seu entendimento e curiosidade sobre o continente africano foi crescendo ao longo do tempo até decidir se envolver com trabalho voluntário.

    “Eu tive a iniciativa de arrecadar o máximo que eu conseguisse para a escola assim que cheguei lá a primeira vez e vi a situação precária em que vivem as crianças. Dormindo várias na mesma cama, armários quebrados, comida precária ou inexistente e o fato deles nunca terem tido contato com livros didáticos infantis, lápis de cor e coisas que são tão básicas”.

    A Saint Barnabás Mission School funciona como escola e orfanato para cerca de 50 pessoas e recebe uma ajuda mínima do governo queniano, segundo a fotógrafa. A existência do trabalho é possibilitada por doações como as que recebeu de amigos e familiares de Manaus.
    “Existe uma lei por lá que não permite a adoção de crianças até 18 anos e isso dificulta muito, significa que eles vão passar a vida inteira delas lá. O fato de eu ser adotada foi algo que despertou meu interesse em conhecer uma realidade que eu não conhecia”.

    Conexão

    A fotógrafa conta que a conexão com a espiritualidade foi algo marcante logo ao chegar no local. “Na primeira reunião que presenciei, os professores estavam conversando com os alunos sobre Deus, a importância de cuidar dos pensamentos deles e de fazer boas ações, isso me chocou demais porque eles têm uma vida tão precária (…) a gente tem de tudo e não agradece, isso chamou demais a minha atenção”, lembrou Laiz, destacando o fato de ser consciente das semelhanças entre a sua história e a das crianças.

    Etapas

    Acreditando no legado que sua família constrói, Laiz falou sobre a quantidade de soluções que surgiam em sua mente para ajudar na situação das crianças e, a educação foi o recurso mais poderoso que encontrou.

    “Sabia que as doações precisariam ser também de comida mas dentre as etapas que eu pensei, achei que só isso não seria o suficiente, eles precisam de uma alimentação boa mas eu também sei como era importante dar acesso a lápis de cor, livros, etc. Recebi mensagens dos professores contando que estão elaborando uma feira de ciências, não tive palavras pra responder essa notícia, foi incrível”, disse ela.

    Laiz tem estabelecido conversas constantes com os professores e feito trocas com as experiências que viveu nas salas de aula da África e, posteriormente, nas salas de aula daqui.

    “Acho que eles foram um despertar pra mim, o ínicio de algo que vai ser muito maior, tanto na África quando na escola da minha mãe, quanto os ribeirinhos que eu quero visitar. Entendi através dessa experiência o poder da educação em mudar as coisas, mudar o mundo. Um dos professores da escola é o Juma James, ele foi aluno do orfanato e hoje atua como voluntário por entender a função da educação no mundo”, conta Laiz que conseguiu durante os dez dias de campanha arrecadar cerca de 3 mil reais e uma conexão valiosa com a Saint Barnabás School, que também recebe doações a distância. O contato pode ser feito através da página no Facebook e as doações por meio do site da instituição.

    Suporte Amigo

    O chef de cozinha Beto Sodré é um dos proprietários de um restaurante de carnes na Zona Centro-Sul de Manaus e um grande amigo da fotógrafa. “Adoro ajudar as pessoas, então achei linda a atitude dela. Pensei em ajudar doando uma quantia de R$ 50 ou R$ 100, mas aí percebi que não ajudaria como as crianças precisam, foi quando tive a ideia de vender hambúrguer e doar todo o lucro pra eles, achei que seria melhor que doando sozinho”, contou o chef.

    O Saint Barnabás Burguer esteve disponível no cardápio do Ancho Steak Burger durante dois dias. Por meio dele, amigos e membros da família de Laiz e demais clientes puderam por conhecer a casa e experimentar o hambúrguer por um valor simbólico de R$ 15, que foi revertido para as crianças da escola-orfanato em Mombasa, no Quênia.
    “As doações que eu fiz de alimentos para eles foram quase todas compradas com o dinheiro arrecadado pela ação do Beto no restaurante, fiquei muito feliz em ver que a união de pessoas com boas intenções pode realmente transformar as realidades”, conta Laiz.

     

    Últimos Artigos

    Confira lista para teste físico do concurso da Guarda Municipal

    A Semad divulgou a lista dos aprovados para a segunda fase do concurso público...

    Famílias recebem moradias reformadas pelo ‘Casa Manauara’

    O prefeito de Manaus, David Almeida, entregou mais 11 moradias reformadas pelo programa "Casa...

    Pirarucu gera mais de R$ 116 mil em faturamento

    Na feira apoiada pela Fundação Amazônia Sustentável (FAS) em Manaus, manejadores da comunidade Jussara,...

    Amazonas: Boletim aponta aumento de casos de Síndrome Respiratória

    O Boletim InfoGripe da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), divulgado recentemente, ressalta um cenário preocupante...

    Mais artigos como este

    Confira lista para teste físico do concurso da Guarda Municipal

    A Semad divulgou a lista dos aprovados para a segunda fase do concurso público...

    Famílias recebem moradias reformadas pelo ‘Casa Manauara’

    O prefeito de Manaus, David Almeida, entregou mais 11 moradias reformadas pelo programa "Casa...

    Pirarucu gera mais de R$ 116 mil em faturamento

    Na feira apoiada pela Fundação Amazônia Sustentável (FAS) em Manaus, manejadores da comunidade Jussara,...