sexta-feira, abril 19, 2024
More
    HomeSociedadeAmazonasManaus vai sediar campanha "Jogue Como Uma Garota"

    Manaus vai sediar campanha “Jogue Como Uma Garota”

    Publicado em

    spot_img

    Pela primeira vez, desde 1991, os jogos da Seleção Brasileira Feminina da Copa do Mundo vão ser transmitidos ao vivo pela TV Rede Globo no Brasil. E, com a intenção de engajar as mulheres a assistirem as partidas e torcerem pelas jogadoras brasileiras, Manaus vai sediar a campanha “Jogue Como Uma Garota”, movimento criado pela marca-protesto PEITA, de Curitiba.

    A embaixadora da campanha em Manaus é a jornalista Kátia Brasil, cofundadora da agência Amazônia Real. Para Kátia, a campanha vem para mobilizar toda a sociedade.

    “Nossa seleção brasileira de futebol feminino tem as melhores jogadoras da atualidade. Nós temos a Marta que é seis vezes a melhor futebolista do mundo. Como que um país como o nosso, em que a bola é tão importante, não tem essa mobilização nacional para o futebol feminino?”, questionou a embaixadora.

    O bar responsável pela transmissão dos jogos em Manaus é o Curupira Mãe do Mato, dirigido por Gabriela Refosco, e fica localizado na Av. Sete de Setembro, número 1710. A programação vai contar com atrações musicais antes dos jogos e com a presença de jogadoras de times manauaras e indígenas. O valor da entrada é de R$ 5.

    A Copa do Mundo de Futebol Feminino começa no dia 7 de junho, na França. A seleção brasileira estreia no domingo (9) às 9h30min contra a Jamaica. Na quinta-feira (13) joga com a Austrália às 12h e fecha a primeira fase contra a Itália, na terça-feira (18) às 15h.

    A seleção brasileira é Heptacampeã da Copa América e busca o primeiro título na Copa do Mundo.

    A campanha

    “Jogar como uma garota é ocupar o nosso espaço em uma modalidade que é completamente dominada e conduzida por homens, que por decisão própria presumem que esse não é o nosso lugar. Essa, bem mais que uma frase de efeito, é uma frase de enfrentamento. Ela é de cada pessoa que se identifica e a ressignifica dentro do seu contexto de vida”, explica a presidente da PEITA, Karina Gallon.

    A organização do evento é independente e livre, a PEITA pede que o local onde serão as transmissões sejam geridos por mulheres, para fortalecer outras mulheres, mas a campanha deve ser abraçada por todos os gêneros. Todo o material gráfico e digital será produzido pela equipe de criação da marca-protesto.

    Algumas cidades já tem suas embaixadoras como Manaus, Curitiba, São Paulo, Sorocaba, Ponta Grossa, Foz do Iguaçu, Catalão, em Goiânia, Belo Horizonte e Ribeirão Preto.

    Últimos Artigos

    Manaus amplia vacinação contra Dengue

    A partir de sexta-feira (19), a Prefeitura de Manaus expande temporariamente a campanha de...

    Cantora do Caprichoso sofre agressão e intolerância religiosa

    A cantora do boi Caprichoso, Mara Lima, relatou ter sido agredida por um homem...

    Petrobras: Resistência indígena na perfuração da Foz do AM

    A Petrobras enfrenta crescente resistência de grupos indígenas e agências governamentais em seu plano...

    AM investirá R$ 1 Bilhão em Ciência e Tecnologia até 2026

    O governador Wilson Lima anunciou que o Governo do Amazonas planeja investir R$ 1...

    Mais artigos como este

    Manaus amplia vacinação contra Dengue

    A partir de sexta-feira (19), a Prefeitura de Manaus expande temporariamente a campanha de...

    Cantora do Caprichoso sofre agressão e intolerância religiosa

    A cantora do boi Caprichoso, Mara Lima, relatou ter sido agredida por um homem...

    Petrobras: Resistência indígena na perfuração da Foz do AM

    A Petrobras enfrenta crescente resistência de grupos indígenas e agências governamentais em seu plano...