segunda-feira, abril 15, 2024
More
    HomeSociedadeAmazonas'Bandidos na TV' série que vai narrar história de Wallace Souza

    ‘Bandidos na TV’ série que vai narrar história de Wallace Souza

    Publicado em

    spot_img

    Quando a realidade supera a ficção, a indignação e o absurdo o cinema vê na história um prato cheio. Nesta quinta-feira (16) a Netflix divulgou o primeiro trailer da série documental ‘Bandidos na TV’ que vai contar em sete episódios a história do ex-deputado estadual e apresentador amazonense Wallace Souza.

    “Uma série sobre assassinato, poder, uma celebridade e um império do crime. Conheça a história real do apresentador de TV acusado de literalmente matar para ganhar audiência e usar seu programa para esconder a verdade”

    A chamada na descrição do trailer resume bem o que foi a trajetória que será contada através do audiovisual pelo diretor Daniel Bogado a partir do dia 31 de maio.

    Conheça a História

    Em 2008, o ex-policial militar Moacir Jorge Pereira da Costa, conhecido como “Moa”, denunciou que Wallace Souza e seu filho, Raphael Souza, comandavam quadrilha de esquadrão da morte e crime organizado no Amazonas. Em depoimento à polícia, diz que ao menos um assassinato foi cometido de acordo com determinação do deputado e gravado pela equipe de seu programa

    No dia 25 de abril de 2009, a Polícia Civil, que investigava desde 2008 as suspeitas de associação ao tráfico e até assassinato de traficantes adversários para exibição no programa de TV, entra na casa do parlamentar e apreenderam grande quantidade de dinheiro e ouro, além de armas e munição.

    O filho, Raphael Souza, assumiu ser dono do material e recebeu voz de prisão. A operação foi muito tumultuada, pois Wallace e os irmãos Carlos e Fausto Souza, ao chegarem ao local, tentaram impedir a ação da polícia.

    Wallace Souza era investigado pelos crimes de formação de quadrilha, tráfico de drogas, ameaça a testemunhas e porte ilegal de armas. O trio dos irmãos foi logo acusado de associação ao tráfico, mandar matar traficantes adversários apenas para mostrar no programa de TV para aumentar a audiência e liderarem o crime organizado no Amazonas.

    Em julho, por determinação do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM), Wallace Souza seria investigado por formação de quadrilha, associação ao tráfico de drogas, porte ilegal de armas e determinar a execução de crimes para que fossem exibidos no programa Canal Livre.

    Wallace Souza foi cassado de seu mandado em 2009 e em seguida sofreu complicações no sistema digestivo e uma doença popularmente conhecida como ‘barriga d’água’ morreu no dia 27 de julho de 2010 em decorrência de uma parada cardíaca.

    Biografia

    Wallace Souza nasceu no Amazonas e teve outros irmãos, Carlos Souza e Fausto Souza. Souza ingressou na Polícia Civil em Manaus, em 1979. Foi expulso da corporação em 1987 após ser flagrado desviando combustível da própria polícia.

    Depois da expulsão da corporação, iniciou a política em 1996, como candidato a vereador de Manaus, obteve 898 votos e não foi eleito.

    Ingressou na TV com o Canal Livre na TV Rio Negro (hoje TV Bandeirantes Amazonas) em 1996. O programa mudou de emissora e foi para TV Manaus (hoje TV Em Tempo) com o novo nome Programa Canal Livre. Ao lado dos irmãos, comandava o programa com casos policiais, mostrando assassinatos, sequestros e operações de repreensão ao tráfico. Em 1998 se candidatou a deputado estadual no estado do Amazonas e obteve 51.181 votos pelo PL.

    Últimos Artigos

    Aplicativo monitora prédios e imóveis históricos do Centro

    Os primeiros testes com o uso do aplicativo ArcGIS Field Maps, feitos por equipes...

    Programas pioneiros e mãos e obras, veja lista:

    A concessionária Águas de Manaus divulgou a lista dos 90 selecionados para os programas...

    Concurso Unificado: Informações sobre o local das provas

    A ministra da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI), Esther Dweck, anunciou...

    Lula vai vetar proibição de visitas familiares a presos

    Durante entrevista à imprensa no Palácio do Planalto, o ministro da Justiça e Segurança...

    Mais artigos como este

    Aplicativo monitora prédios e imóveis históricos do Centro

    Os primeiros testes com o uso do aplicativo ArcGIS Field Maps, feitos por equipes...

    Programas pioneiros e mãos e obras, veja lista:

    A concessionária Águas de Manaus divulgou a lista dos 90 selecionados para os programas...

    Concurso Unificado: Informações sobre o local das provas

    A ministra da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI), Esther Dweck, anunciou...