quarta-feira, abril 17, 2024
More
    HomePoderBrasil"Se ele por acaso errou, terá que pagar o preço", afirma Bolsonaro...

    “Se ele por acaso errou, terá que pagar o preço”, afirma Bolsonaro sobre o filho

    Publicado em

    spot_img

    O presidente Jair Bolsonaro concedeu entrevista para a agência de notícias Bloomberg, em Davos, na Suiça, nesta quarta-feira. Segundo ele, caso o senador eleito Flávio Bolsonaro tenha errado e isso seja provado ele deverá pegar pelos próprios atos.

    “Se por acaso ele errou, e isso for provado, eu lamento como pai, mas ele terá que pagar o preço por essas ações que não podemos aceitar”, a publicação alertou que a investigação envolvendo Flávio Bolsonaro é um risco para a agenda anticorrupção estabelecida pelo presidente.

    As movimentações de R$ 1,2 milhão do ex-assessor Fabrício Queiroz, registradas pelo Conselho de Atividades Financeiras (Coaf), colocaram o filho de Bolsonaro numa posição delicada, informações dão conta de que em três anos a movimentação total chegou a R$ 7 milhões.

    Últimos Artigos

    Mais de 200 habilitações do projeto CNH Social são entregues

    Até final do segundo ciclo, 80 mil pessoas serão beneficiadas com o projeto que...

    Hemoam reforma e amplia farmácia hospitalar

    Houve também a reestruturação da Central de Abastecimento e implantação de assistência ao hemofílico A...

    Justiça suspende votação de empréstimo pela CMM

    A Justiça do Amazonas proibiu a Câmara Municipal de Manaus (CMM) de votar o...

    Minha Casa Minha Vida: Aumento do subsídio no AM

    O governo federal anunciou melhorias no Programa Minha Casa, Minha Vida para a região...

    Mais artigos como este

    Mais de 200 habilitações do projeto CNH Social são entregues

    Até final do segundo ciclo, 80 mil pessoas serão beneficiadas com o projeto que...

    Hemoam reforma e amplia farmácia hospitalar

    Houve também a reestruturação da Central de Abastecimento e implantação de assistência ao hemofílico A...

    Justiça suspende votação de empréstimo pela CMM

    A Justiça do Amazonas proibiu a Câmara Municipal de Manaus (CMM) de votar o...