quinta-feira, abril 18, 2024
More
    HomePoderAmazonasGovernador eleito Wilson Lima anuncia nomes para a PGE e Secretaria de...

    Governador eleito Wilson Lima anuncia nomes para a PGE e Secretaria de Segurança Pública

    Publicado em

    spot_img
    Por Portal Projeta
    Manaus (AM)
    Durante coletiva de imprensa realizada, nesta terça-feira (4), na Assembleia legislativa do Amazonas (Aleam), o governador eleito, Wilson Lima, anunciou que o Coronel Louismar Bonates será o titular da Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM) e Alberto Bezerra ficará no comando da Procuradoria Geral do Estado (PGE).
    O governador eleito, que esteve reunido com os deputados estaduais para tratar sobre a questão orçamentária do Estado, ressaltou que, ainda hoje, vai anunciar os novos nomes que farão parte de seu secretariado.

     

    Wilson Lima avaliou como positivo o encontro com os parlamentares e disse que o momento é de abertura de diálogo para encontrar soluções para o equilíbrio fiscal e orçamentário do Governo do Amazonas.

    O procurador Alberto Bezerra será o titular da Procuradoria Geral do Estado (PGE), enquanto o coronel Louismar Bonates vai assumir a Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM)

    “Discutimos sobre a questão do orçamento e a Assembleia se colocou à disposição para que pudéssemos fazer as alterações necessárias que a nossa Comissão de Transição achar interessante para o ano de 2019. O projeto que estamos construindo é um projeto de diálogo. É fundamental a conversa que vamos ter nos próximos anos tanto com os deputados que permanecerão quanto com os deputados que ficarão até o final dessa legislatura porque a decisão deles vai ter impacto no orçamento e no governo seguinte”.

    Segundo o governador eleito, o quadro orçamentário do Estado é preocupante devido a um déficit que ultrapassa R$ 1 bilhão. Enfatizou que o próximo ano será de desafios e trabalho árduo para manter o equilíbrio financeiro das contas públicas

    “Estamos fechando o relatório da equipe de transição para ser divulgado para assembléia legislativa, imprensa e a sociedade. Mas sabemos que vamos terminar o ano com um déficit acima de R$ 1 bilhão e tecnicamente o gasto com pessoal já ultrapassado. O teto máximo desse gasto é de 49%, e quando ultrapassa o Governo do Estado fica inviabilizado de fechar novos convênios e de receber alguns repasses. Tudo isso é um indicativo de que devemos começar um governo com enxugamento na máquina para que ela possa ser eficiente e as contas possam ficar equilibradas”.

    Avaliação – Wilson Lima também enfatizou que todos os orçamentos das principais pastas e os reajustes das categorias serão avaliados para concretizar os repasses, conforme a necessidade financeira estadual.

    “Saúde e segurança pública são prioridades. Vamos rever direito o que está sendo destinado a essas áreas, assim como o reajuste que dever ser pago para as polícias Militar e Civil, para saúde, educação e compromissos que já foram firmados para as categorias. Estamos analisando todos esses valores para que possamos fazer o remanejamento necessário”.

     

    Últimos Artigos

    Mais de 200 habilitações do projeto CNH Social são entregues

    Até final do segundo ciclo, 80 mil pessoas serão beneficiadas com o projeto que...

    Hemoam reforma e amplia farmácia hospitalar

    Houve também a reestruturação da Central de Abastecimento e implantação de assistência ao hemofílico A...

    Justiça suspende votação de empréstimo pela CMM

    A Justiça do Amazonas proibiu a Câmara Municipal de Manaus (CMM) de votar o...

    Minha Casa Minha Vida: Aumento do subsídio no AM

    O governo federal anunciou melhorias no Programa Minha Casa, Minha Vida para a região...

    Mais artigos como este

    Mais de 200 habilitações do projeto CNH Social são entregues

    Até final do segundo ciclo, 80 mil pessoas serão beneficiadas com o projeto que...

    Hemoam reforma e amplia farmácia hospitalar

    Houve também a reestruturação da Central de Abastecimento e implantação de assistência ao hemofílico A...

    Justiça suspende votação de empréstimo pela CMM

    A Justiça do Amazonas proibiu a Câmara Municipal de Manaus (CMM) de votar o...