Vereadores querem fim da Zona Azul

0
52
Vereadores manifestaram preocupações em relação ao sistema de estacionamento Zona Azul no Centro da cidade.
Zona Azul no Centro de Manaus — Foto: José Carlos Amorim/Rede Amazônica

Vereadores da Câmara Municipal de Manaus manifestaram preocupações em relação ao sistema de estacionamento Zona Azul no Centro da cidade durante a sessão desta terça-feira.

O vereador Sassá da Construção destacou a falta de segurança para os veículos, mencionando casos de furto e danos aos carros, enquanto também criticou a ausência dos fiscais no local. Ele afirmou que o custo do estacionamento muitas vezes excede o valor inicialmente previsto. Atualmente, a tarifa é de R$ 3,50 por hora, com limite de 3 horas. Sassá propôs o fim da Zona Azul no Centro de Manaus, considerando o serviço uma despesa sem retorno para a população. Outros vereadores, como Dione Carvalho e Lissandro Breval, também expressaram descontentamento com o sistema, chamando-o de “desserviço” e pedindo mais discussões sobre o assunto.

O vereador Marcello Serafim apontou problemas existentes, observando a resistência em votar a favor dos requisitos que abordam a fiscalização da Zona Azul. O vereador Willian Alemão solicita a presença do IMMU para esclarecimentos sobre a fiscalização, destacando que a Ageman recebe 1% da receita da Zona Azul.

O serviço foi implementado em 2018 pelo Consórcio Amazônia, em parceria com a Prefeitura de Manaus, através do Manaustrans (atual IMMU) e a Ageman. A empresa repassa 10% à Prefeitura e 1% à Ageman do valor arrecadado.