Em 1.000 dias, Prefeitura de Manaus construiu 24 mil metros de pontes

0
132
Em comemoração aos 1000 dias de gestão, a Prefeitura divulgou um conjunto significativo de dados relacionados a construção de pontes, calçadas e sarjetas.
FOTO: Márcio Melo/Seminf

Em comemoração aos 1000 dias de gestão, a Prefeitura de Manaus divulgou um conjunto significativo de dados relacionados à melhoria da infraestrutura e acessibilidade em comunidades da capital amazonense. Um total de 24.587 metros quadrados de pontes e passarelas de madeira foram construídos para garantir o direito de ir e vir dos cidadãos.

Outras iniciativas de infraestrutura que promovem acessibilidade também merecem destaque, incluindo a construção de 87.889,20 metros de calçadas, 59.105,89 metros de sarjetas e 60.918 metros de meios-fios. Além disso, a prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), tem empreendido esforços na contenção de áreas de risco, no desenvolvimento de novas linhas de redes de drenagem, na melhoria da trafegabilidade e em grandes intervenções na cidade, bem como no recapeamento de 2 mil vias por meio do programa “Asfalta Manaus”.

Colônia Santo Antônio

Um exemplo concreto dessas ações pode ser observado na comunidade José Bonifácio, localizada no bairro Colônia Santo Antônio, na zona Norte da cidade. Antes das obras, cerca de 16 mil pessoas dependiam de uma ponte de madeira deteriorada para acessar a via principal do bairro. A prefeitura concluiu a construção de três novas pontes na localidade no último semestre, proporcionando uma passagem segura para os moradores.

Paula Beatriz, moradora da comunidade, compartilhou sua experiência: “Eu faço esse caminho a pé todos os dias, não tem jeito, só temos esta passagem. Gratidão à prefeitura pelo cuidado. Agora, está maravilhoso e podemos passar aqui com mais segurança”.

O prefeito de Manaus, David Almeida, enfatizou a importância dessas obras para a locomoção segura das comunidades: “Na prefeitura, nós temos um cuidado de mapear essas áreas para garantir o direito de ir e vir dos moradores e suas famílias, que dependem e fazem esse trajeto todos os dias”.

Cidade Nova

Outros exemplos de melhorias incluem a construção de pontes em madeira na rua Colinas, no bairro Cidade Nova, e o trabalho contínuo mesmo em condições climáticas desfavoráveis. A força-tarefa da prefeitura, liderada pelo prefeito David Almeida e pelo secretário Renato Junior, atuou em áreas críticas, como a comunidade da Sharp, bairro Armando Mendes, zona Leste, após a antiga ponte ter sido destruída pelas chuvas. As obras de reconstrução permitiram a retomada da trafegabilidade na região.

Lago Azul

A comunidade São João, no bairro Lago Azul, foi beneficiada com a pavimentação de cerca de sete quilômetros de extensão, melhorando significativamente a qualidade de vida dos moradores.

Eucimar Campos, comerciante na comunidade, compartilhou seu testemunho: “Antigamente, as ruas eram só barro, muito difícil de andar. Agora só tenho a agradecer ao prefeito David, porque o asfalto ajudou a melhorar minhas vendas e os ônibus podem passar por aqui. A comunidade é outra”.

Ruas de barro eram uma realidade enfrentada pelos moradores do beco Cristal, na comunidade Braga Mendes, no bairro Cidade de Deus. No entanto, com cerca de 160 toneladas de massa asfáltica, a via de 170 metros de extensão foi pavimentada, proporcionando uma mudança positiva na vida dos residentes.

Raylon Pinheiro, morador do local, destacou: “Foram 25 anos vivendo com essa rua de barro. Só posso dizer que o asfalto melhorou muito a nossa vida”.

De acordo com dados da prefeitura, a gestão David Almeida também se concentrou na construção e reforma de calçadas, sarjetas e meios-fios, com o objetivo de garantir a segurança dos pedestres e melhorar a drenagem superficial nas vias. A comunidade ganhou uma nova calçada na avenida Sul, conjunto Ajuricaba, após problemas causados pelo descarte irregular de lixo terem contribuído para o desmoronamento do local.