Em agosto, CBMAM registrou 206 incêndios em Manaus

0
104
Foram registradas 206 incêndios em Manaus em Agosto/2023, enquanto no mesmo período de 2022, apenas 77 incidentes semelhantes foram atendidos.
FOTO: Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM)

O Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM) enfrentou um aumento significativo no número de incêndios na capital amazonense durante o mês de agosto deste ano. De acordo com dados fornecidos pelo Centro de Operações Bombeiro Militar (Cobom), foram registradas 206 ocorrências de incêndio em Manaus, marcando um contraste notável em relação ao mesmo período de 2022, quando apenas 77 incidentes semelhantes foram atendidos.

Este aumento alarmante de incêndios está diretamente relacionado às altas temperaturas que têm assolado a região nos últimos meses. O comandante-geral do CBMAM, coronel Orleilso Muniz, ressaltou que a população pode desempenhar um papel crucial na prevenção de incêndios, adotando medidas básicas de segurança, como não descartar bitucas de cigarro em áreas de vegetação, evitar ligações clandestinas de energia elétrica em residências e desconectar aparelhos elétricos que não estão em uso.

FOTO: Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM)

Conforme os dados divulgados pelo CBMAM, das 206 ocorrências de incêndio registradas, 130 ocorreram em áreas de vegetação, 48 em edificações (incluindo residências e comércios) e 28 foram de outras naturezas, como incêndios em veículos, lixo ou entulho.

O comandante-geral do CBMAM também aproveitou a oportunidade para esclarecer a diferença entre dois termos técnicos frequentemente utilizados: “foco de calor” e “foco de incêndio”. Enquanto o “foco de calor” refere-se ao monitoramento de altas temperaturas em regiões específicas por meio de satélites, o “foco de incêndio” indica a ocorrência real de fogo. O coronel Muniz ressaltou que compreender essa distinção é fundamental para evitar que os focos de calor evoluam para incêndios, exigindo a intervenção dos bombeiros.

No Amazonas, a vigilância de focos de incêndio é realizada por meio de uma ação coordenada entre órgãos de segurança pública e meio ambiente. O combate aos incêndios, por sua vez, é executado pelo Corpo de Bombeiros na capital e em municípios do sul do estado. Atualmente, a corporação conta com o apoio da Força Nacional e de brigadistas civis para enfrentar esse desafio crescente.

O CBMAM enfatiza a importância de conscientizar a população sobre a necessidade de adotar medidas preventivas e de segurança em meio às altas temperaturas, a fim de reduzir o risco de incêndios e proteger o patrimônio natural da região.

Leia mais:
Incêndios: Entenda o que aconteceu no Havaí