Operação do Governo Federal desmantela dez garimpos ilegais em Maués, no AM

0
113
A operação contra o garimpo também resultou na aplicação de multas em valores superiores a R$ 4 milhões e apreensão de equipamentos.
Operação Aurum: Força-Tarefa Ambiental desmantela garimpos ilegais na Floresta Nacional de Urupadi

Uma ação conjunta envolvendo equipes da Polícia Federal, ICMBio, PRF, Força Nacional e ABIN resultou na destruição de dez garimpos ilegais na Floresta Nacional de Urupadi, localizada no município de Maués, Amazonas.

A operação, denominada Aurum, se estendeu por 17 dias consecutivos.

Devido às dificuldades logísticas para remover os infratores, foram realizadas ações de desintrusão e apreensão de equipamentos ilegais no local. Ao longo da operação, foram confiscadas 13 escavadeiras hidráulicas, um trator esteira, seis motocicletas, três quadriciclos, 61 barracos, 16 motores geradores, 20 motores bombas e sete dragas. Além disso, foram apreendidas nove armas de fogo, embarcações e mercúrio, que são utilizados nas atividades de garimpo ilegal.

A operação também resultou na aplicação de multas no valor total de R$ 4.515.600,00 (quatro milhões, quinhentos e quinze mil e setecentos reais), como forma de punição pelos danos causados ao meio ambiente e como medida dissuasiva contra a prática ilegal.

O nome da operação, Aurum, foi escolhido em referência ao ouro, principal mineral extraído dos garimpos ilegais na região amazônica. A ação demonstra o compromisso das autoridades em proteger e preservar os recursos naturais, além de reforçar a importância da fiscalização e do combate às atividades ilegais que ameaçam a Floresta Nacional de Urupadi e seu ecossistema.

Leia mais:
Homens são autuados por garimpo ilegal em UC no AM
Garimpo: Aeronáutica vai controlar espaço aéreo da terra Yanomami
Prefeito de Jutaí favorecia garimpo e outros crimes ambientais