Deputado denuncia tentativa de Bolsonaro de burlar STF no IPI da ZFM

0
252
Conforme Marcelo Ramos mais de 2 mil empregos dos amazonenses são ameaçados com a medida
Foto: Agência Brasil
Conforme Marcelo Ramos mais de 2 mil empregos dos amazonenses são ameaçados com a medida

Para o deputado federal, Marcelo Ramos (PSD), o governo Bolsonaro tenta burlar medida do STF quanto à Zona Franca de Manaus (ZFM) na redução de IPI.

Ao explicar em vídeo de que forma Bolsonaro está fazendo isso, com novo decreto publicado no dia 29, Ramos mostra preocupação com os empregos gerados pelo polo industrial de Manaus.

Conforme afirma, mais de 2 mil empregos dos amazonenses são ameaçados.

O novo ataque de Bolsonaro e seu ministro da Economia ao único modelo compensatório de desigualdades regionais criado pelo governo federal para a região Norte, de acordo com Ramos, vai ter a devida resposta da bancada do Amazonas. Como das vezes anteriores.

A reação imediata da representação federal do estado no Congresso foi antecipada ontem pelo senador Omar Aziz (PSD).

A nota de Ramos (veja o vídeo)

“O novo decreto do IPI publicado pelo presidente Bolsonaro é uma clara tentativa de burlar a decisão do Ministro Alexandre de Moraes que impediu a redução do IPI de bens produzidos na ZFM e submetidos a PPB [processo produtivo básico].

O novo decreto manteve a redução de notebooks com tela superior a 15 polegadas, caixas registradoras/terminais de auto-atendimento, resinas plásticas e concentrado de refrigerante, setores que têm um faturamento de aproximadamente 13 bilhões de reais. Não negociaremos um só emprego dos amazonenses.

Já conversamos com o coordenador da nossa bancada, o senador Omar Aziz, e voltaremos ao STF para suspender os efeitos desse novo decreto”.

Marcelo Ramos , deputado federal PSD-AM

Leia mais:
Novo decreto de Bolsonaro mantém IPI baixo e livra pouco da ZFM
Bolsonaro prepara novo decreto de IPI
Moraes suspende redução do IPI para produtos da Zona Franca

Mais informações.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui