‘Ônus sobre BR-319 sai do AM para RO para otimizar trabalho’, diz Dnit

0
139
Dnit do Amazonas entende que, com a mudança, a autarquia de Rondônia terá melhores condições de executar obras na estrada
Foto: Dnit
Dnit do Amazonas entende que, com a mudança, a autarquia de Rondônia terá melhores condições de executar obras na estrada

Em resposta às críticas sobre o esvaziamento da Superintendência do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) no Amazonas em relação à BR-319, o órgão explicou que o objetivo foi otimizar as obras na rodovia.

Na portaria 3.521, de 23 de junho de 2022, estabeleceu-se que o segmento rodoviário, localizado do km 250,7 ao km 740 da rodovia BR-319, será gerido pela superintendência regional do Dnit no estado de Rondônia, “mesmo que o referido trecho esteja geograficamente localizado no estado do Amazonas”.

Em nota, o órgão afirmou que o propósito foi diminuir o tempo de deslocamento e otimizar as soluções às demandas relacionadas à BR-319.

A transferência começa já a partir do próximo mês.

“A mudança visa dar maior dinamismo aos trabalhos que necessitam ser realizados na rodovia, neste momento, uma vez que as equipes do Departamento em Rondônia estão localizadas em pontos mais próximos a esse segmento”, diz um trecho da nota.

De acordo com o órgão, a transferência do atendimento entre os estados também já ocorre no modal aquaviário.

“Devido à logística de trabalho, a dragagem do rio Madeira, que segue paralelo à rodovia nos dois estados, é feita pelas equipes da Superintendência do Dnit em Rondônia. Todo o segmento da rodovia BR-319 compreendido entre km 0 e o km 250,7 continua sob jurisdição do Dnit no Amazonas”, disse.

Leia mais:
Tesourada de Bolsonaro corta também esperança sobre BR-319
Governo Bolsonaro libera recursos emergenciais para BR 319 e 174
Ministro diz que licença ambiental e contrato da BR-319 saem em 2022

Mais informações.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui