Reconstrução da estrada Codajás Anori custará mais de R$11 milhões

0
147
A Prefeitura Municipal de Codajás anunciou a reconstrução da estrada Codajás-Anori, no município.
Foto: Ilustração

A Prefeitura Municipal de Codajás anunciou o resultado do processo licitatório para contratação da empresa responsável pela reconstrução da estrada Codajás-Anori, no município.

A vencedora foi a empresa HYCON CONSTRUÇÕES LTDA inscrita sob o CNPJ nº: 16.368.154/0001-70 e o valor global está avaliado em R$ 11.329.369,23.

A publicação feita no Diário Oficial dos Municípios foi assinada pelo prefeito Antônio Ferreira dos Santos no dia 13 de maio.

A assinatura aconteceu um dia após o prefeito recuperar seu cargo, bem como o vice Cleucivan Gonçalves Reis.

Entenda o caso de cassação

Antônio Ferreira dos Santos e o Cleucivan Gonçalves Reis foram cassados, no dia 5 do mês de maio por abuso de poder econômico nas eleições de 2020.  O TRE-AM determinou a  a realização de novas eleições em Codajás. O relator da ação, desembargador Jorge Lins, vice-presidente do tribunal, acatou os argumentos da primeira instância de que a chapa praticou corrupção eleitoral e captação ilícita de recursos de emenda parlamentar da Colônia de Pescadores.

A desembargadora Carla dos Reis suspendeu, na última quinta-feira (12), a decisão do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) que cassou os mandatos do prefeito de Codajás (a 240 quilômetros de Manaus) Antônio Ferreira dos Santos (Progressistas), e o vice-prefeito, Cleucivan Gonçalves Reis (Avante) até que sejam julgados os embargos de declaração (recurso que visa aclarar pontos da decisão) que serão apresentados por eles.

A magistrada, que atua no TRE-AM, considerou, na medida cautelar (urgente) concedida que, o afastamento do prefeito e do vice provocaria alternância de poder com a possibilidade de grave lesão à ordem pública, social e econômica, situação que deve ser evitada, de acordo com as decisões já tomadas pela Corte. Ressaltou que a troca de comando do município “poderá trazer prejuízo irreparável ou de difícil reparação”, o que afetaria a continuidade dos serviços públicos.

Leia mais:
Empresa de informática vence licitação para itens de higiene e proteção contra Covid
Rio Preto da Eva paga R$ 650 mil em festa com Wesley Safadão
Beruri contrata empresa de alimentos para reforma de ambulancha

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui