Asfalta Manaus vai recuperar ruas antes esquecidas, destaca Wilson Lima

0
77
Moradores dos bairros mais distantes da capital amazonense devem sentir os primeiros efeitos do programa Asfalta Manaus.
(Foto: Reprodução/DNIT)

Governador fiscalizou frente de obras no bairro Nova Cidade, na zona norte de Manaus, nesta segunda-feira (09/05)

Moradores dos bairros mais distantes da capital amazonense devem sentir os primeiros efeitos do programa Asfalta Manaus. É que a recuperação das vias do interior dos bairros, que muitas vezes não recebiam qualquer tipo de obras, é prioridade do programa, afirmou o governador Wilson Lima.

Nesta segunda-feira (09/05), o governador acompanhou os trabalhos em uma frente de obras no bairro Nova Cidade, na zona norte de Manaus. A expectativa com o Asfalta Manaus, que é realizado em parceria entre o Governo do Estado e a Prefeitura de Manaus, é asfaltar mais de 10 mil ruas em toda a cidade. As obras começaram na semana passada.

O governador destacou que as obras de recuperação asfáltica começaram pelo interior dos bairros, nas áreas mais distantes do Centro. “Quando os nossos técnicos, juntamente com a prefeitura, começaram a fazer esse levantamento levaram em consideração essas áreas onde o asfalto dificilmente chega. Antes, o asfalto chegava primeiro nas principais. Desta vez estamos começando pelas áreas periféricas, onde se concentram a maioria dos problemas”, disse o governador, que estava acompanhado do secretário municipal de Infraestrutura, Renato Júnior.

Além do asfaltamento das vias, os trabalhos incluem, entre outras coisas, serviços de fresagem – remoção da camada desgastada do pavimento – para a implantação de um novo asfalto, em toda a extensão das vias.

Convênios – O programa tem 31 frentes de obras e 14 empresas foram contratadas para dar andamento ao Asfalta Manaus. O convênio Asfalta Manaus 1 tem valor total de R$ 110.442.704,28, sendo R$ 100 milhões do Estado e o restante de contrapartida do Município. O Asfalta Manaus 2 é de R$ 51.585.108,91, sendo R$ 50 milhões do Estado e o restante de contrapartida da Prefeitura.

O programa está inserido no protocolo de intenções assinado por Wilson Lima e David Almeida, em outubro do ano passado, no aniversário de Manaus. Nele, o Governo do Amazonas destina R$ 580 milhões para a Prefeitura executar obras e serviços na cidade. Ao todo, são 11 projetos nas áreas de infraestrutura, mobilidade urbana, meio ambiente e desenvolvimento econômico.

Leia mais:
Asfalto em Caapiranga custará R$ 2,5 milhões aos cofres da Prefeitura
Prefeitura intensifica serviços de asfalto no bairro Nova Esperança
Falta de urbanização e asfalto são principais reclamações de Iranduba

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui