TJAM nega pedido para barrar aumento do cotão da CMM

0
207
(Foto: Divulgação)

Nesta quarta-feira (12), o Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) negou o pedido dos vereadores Amom Mandel (União Brasil) e Rodrigo Guedes (PSC) para a revogação do aumento da Cota de Exercício da Atividade Parlamentar (Ceap) da Câmara Municipal de Manaus (CMM). Os parlamentares devem recorrer da decisão ou entrar com um novo pedido. A informação foi divulgada por Mandel nas redes sociais. 

Na decisão, a desembargadora Joana dos Santos Meirelles informou que o mandado de segurança não é o melhor instrumento para derrubar a aprovação do cotão pois não pode ser um “instrumento de controle abstrato da validade constitucional das leis e dos atos normativos em geral”. O Supremo Tribunal Federal (STF) também entende da mesma forma. 

“Aprovado o projeto de lei, não se busca mais o controle do processo legislativo, mas sim a constitucionalidade da norma, havendo mecanismos próprios positivados no ordenamento jurídico aptos para salvaguardar o interesse jurídico da higidez, moralidade e legalidade das disposições legislativas, não podendo o presente instrumento servir como sucedâneo de controle concentrado de constitucionalidade”, frisou a magistrada. 

Para Meirelles, o melhor instrumento para tentar derrubar a norma seria a ação direta de inconstitucionalidade. Ela pontuou que a Justiça não pode interferir nas interpretações das normas regimentais das Casas Legislativas.

Entenda

Mandel e Guedes entraram com o mandado de segurança na última segunda-feira (10). O aumento foi aprovado na última sessão da CMM em 2021 em votação relâmpago. Ele passou de R$ 18 mil para R$ 33 mil, por vereador. 

À época, Rodrigo Guedes, Capitão Carpê Andrade (Republicanos) e Raiff Matos (DC) foram os únicos a votar contra a proposta. Mandel não estava presente mas foi às redes sociais repudiar e manter seu posicionamento contrário ao aumento. 

Leia Mais
Vereadores acionam Justiça para barrar aumento de cotão da CMM

Vereadores do interior do AM aprovam reajuste salarial e cotão
Em Manaus, aumento do salário dos vereadores já está em vigor

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui