‘Orçamento não pertence mais a economia’, critica Ramos sobre Decreto

0
202
(Foto: Ilustrativa/Agência Brasil)

O vice-presidente da Câmara dos Deputados, o deputado federal Marcelo Ramos (sem partido), voltou a usar as redes sociais para criticar o presidente Bolsonaro (PL). Nesta quinta-feira (13), o Chefe do Executivo Federal editou um decreto que dá mais poder à Casa Civil na execução do Orçamento. A Pasta é comandada por Ciro Nogueira. Com isso, ele diminuiu a autonomia do ministro da Economia, Paulo Guedes. 

Para Ramos, com a  decisão, agora o Orçamento brasileiro pertence à política e não à economia. Ele também criticou a gestão de Bolsonaro. Conforme a opinião pessoal do deputado,  o presidente não é comprometido com o país. Confira: 

O decreto editado estabelece que a pasta de Ciro Nogueira terá que dar autorização para algumas ações de abertura ou remanejamento de despesas.

Leia Mais
Relator do Orçamento fixa salário mínimo em R$ 1.210 para 2022

Orçamento do Governo de R$ 24 bilhões é aprovado na Aleam
Prefeito amplia em mais R$ 30 milhões orçamento de Manaus para 2022

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui