MP vai apurar irregularidades em empresa investigada pela CPI da Saúde

0
250

O Ministério Público do Amazonas instaurou um procedimento para apurar irregularidades envolvendo a empresa Rio Negro Comércio de Produtos Médicos Eireli. Ela é uma das empresas investigadas pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Saúde da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), realizada no ano de 2020.

O Procedimento Preparatório nº 06.2021.00000821-5 foi publicado nesta quarta-feira (12). Entre as razões para que o órgão ministerial investigue a empresa particular é dar continuidade às apurações iniciadas na Notícia de Fato 01.2021.00001605- 9.

“Considerando que o prazo para apuração preliminar em Notícia de Fato se esgotou ainda havendo necessidade de realização de diligências para o deslinde dos fatos”, escreveu o MP na Portaria publicada. 

Conforme documento, o principal motivo é apurar se houve fatos que caracterizem atos de improbidade administrativa com dano ao Erário entre a empresa e o dinheiro público. Ainda de acordo com o documento, o item do relatório da CPI da Saúde que está sendo investigado é o ‘6.3’. 

Confira:

Leia Mais
Versão final do relatório da CPI tem 81 pedidos de indiciamentos

Procon denuncia mais cortes de luz ilegais na CPI da Amazonas Energia
CPI da Saúde é o principal destaque da semana na Aleam

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui