Saiba quais as principais mudanças do Novo Ensino Médio 

0
406

O novo ensino médio começou a ser implementado no Amazonas. O governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), anunciou as principais mudanças que devem ocorrer na Educação estadual e as propostas das atividades escolares de 2022 na manhã desta quarta-feira (4).

O novo ensino médio foi aprovado pelo Congresso Nacional em 2017. As mudanças estão disponibilizadas na Lei Federal nº 13.415/2017 que alterou a Lei de Diretrizes e Bases da Educação.

Horas

Uma das principais alterações é a ampliação do tempo mínimo do estudante na escola: de 800 horas anuais para mil horas anuais. Ou seja, os alunos deverão ficar mais tempo na escola diariamente. As aulas passarão de 4h para 5 horas diárias. Nos três anos do Ensino Médio, o estudante deverá ter cumprindo 3 mil horas totais, com 200 dias letivos. O tempo aumenta para escolas bilíngues e ensino integral: eles deverão cumprir 4,2 mil horas. 

O governador também informou que foi definida uma nova organização curricular que contemple a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e oferte diferentes possibilidades de escolhas aos alunos. 

Formação 

O novo Ensino Médio será implementado em duas partes. A primeira consiste na Formação Geral Básica (FGB). Nela, o currículo é comum a todos os estudantes. A formação é dividida em quatro áreas de conhecimento: Matemática e suas Tecnologias, Linguagens e suas Tecnologias, Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Ciências Humanas e Sociais Aplicadas. 

A segunda parte é relacionada aos Itinerários Formativos. Eles tratam dos conjuntos de disciplinas, projetos, oficinas e núcleos de estudos, entre outras informações, que os estudantes podem escolher cursar. As redes de ensino terão autonomia para definir quais itinerários irão ofertar. 

Esse processo deve englobar toda a comunidade escolar. Segundo a Secretaria de Estado de Educação e Desporto (Seduc), os Itinerários Formativos devem estimular o aluno do Ensino Médio a pensar sobre qual carreira seguir no mercado de trabalho e ajudar a encontrar a vocação profissional desse estudante. 

Por isso, dentro desses Itinerários Formativos, serão apresentadas as Unidades Curriculares Eletivas Orientadas (UCEO) que possibilitam aos estudantes seus estudos nas áreas de conhecimento com as quais se identificam, de acordo com a vivência e a especificidade de cada ambiente escolar. 

Quando começará a valer?

As novas regras seguirão um calendário. Primeiramente, em 2022, ela será aplicada na 1ª série do Ensino Médio. Em 2023, será a vez da 2ª série. Por fim, a 3ª série sofrerá modificações apenas em 2024. 

Leia Mais
MEC anuncia apoio a itinerário formativo do novo ensino médio
MEC unificará dados de estudantes em um aplicativo até junho de 2023

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui