Para sair do PL, Marcelo Ramos entra com ação na Justiça Eleitoral

0
223
Marcelo decidiu sair do partido após Bolsonaro ingressar (Foto: Divulgação)

Nesta segunda-feira (20), o vice-presidente da Câmara dos Deputados, deputado federal Marcelo Ramos, entrou com uma ação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para desfiliar-se do Partido Liberal (PL). No início de dezembro, ele anunciou que formalizaria sua saída da sigla com uma ação de justificativa de desfiliação na Corte Eleitoral.

Em dezembro, ele anunciou que formalizaria a saída do PL em uma coletiva de imprensa. Uma carta-ofício assinada pelo presidente do partido, Valdemar Costa Neto, foi entregue ao parlamentar o liberando para sair do partido sem prejuízo do mandato com a permanência da vice-presidência do Legislativo Federal.

“Acabo de ajuizar a ação para que o TSE reconheça meu direito de me desfiliar do PL, sem perder o mandato. A despeito de ter a carta de anuência, não quero que fique nenhuma dúvida de que minha desfiliação tem permissão constitucional e legal”, explicou o deputado federal.

A ação declaratória tem caráter liminar, ou seja, pede que a decisão seja proferida pelo colegiado com urgência. “Aproveito para renovar minha gratidão ao presidente Valdemar e a toda a bancada do PL, que sempre me apoiou e respeitou”, afirmou Marcelo Ramos.
A saída foi anunciada em tom amigável no dia 7 de dezembro. Ele também agradeceu o partido assim como seu presidente. O deputado afirmou que ambos entraram em consentimento ao assinar a carta que autoriza a desfiliação.

“Seria um constrangimento para o presidente, para o partido, ter um dos seus membros criticando o presidente vez por outra, e seria por outro lado um constrangimento para mim ser filiado ao mesmo partido de um presidente que eu não acredito que seja o melhor para o futuro do nosso país”, explicou.

Leia mais:
Uma semana após filiação de Bolsonaro, Marcelo Ramos anuncia saída do PL

Marcelo Ramos pede cópia dos pedidos de impeachment contra Bolsonaro
Marcelo Ramos rebate Bolsonaro sobre fundão eleitoral

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui