Auxílio Estadual chega a 18 cidades amazonenses nesta semana

0
157
Retomando as entregas de cartões do Auxílio Estadual permanente no interior do estado, o governador Wilson Lima desembarcou, em Guajará.
FOTO: Bruno Zanardo/Secom

Governador Wilson Lima começou o calendário de distribuição de cartões na calha do rio Juruá nesta segunda-feira (06/12)

Retomando as entregas de cartões do Auxílio Estadual permanente no interior do estado, o governador Wilson Lima desembarcou, nesta segunda-feira (06/12), em Guajará (a 1.476 quilômetros de Manaus). O município é o primeiro da calha do rio Juruá do calendário de distribuição do benefício, que ainda nesta segunda chega à população de Eirunepé, Beruri e Canutama. Até o sábado (11/12), o benefício chega a mais 18 cidades amazonenses.

Nesta terça-feira (07/12), a previsão é que as entregas tenham início em Envira, Carauari e Pauini. Já na quarta-feira (08/12), é a vez de Tapauá, Ipixuna, Itamarati, Juruá, Novo Aripuanã. Ainda nesta semana, há entregas programadas para Presidente Figueiredo, Barcelos, Santa Isabel do Rio Negro, São Gabriel da Cachoeira, Manicoré e Humaitá.

“Hoje nós estamos entregando muito mais que um benefício, é a esperança. É a mão do Estado que chega até as famílias que mais precisam. No momento em que vocês saírem daqui com o cartão, já podem ir no mercadinho, podem ir na farmácia comprar remédio, fralda para o filho, um botijão de gás, podem usar com aquilo que vocês mais estão precisando”, disse o governador à população guajaraense.

Em Guajará, o Auxílio alcança um total de 1.214 famílias com o recurso de R$ 150 mensais. Além de levar renda para pessoas em situação de pobreza e extrema pobreza, o Auxílio Estadual faz com que o dinheiro circule dentro do município, movimentando a economia local. O impacto financeiro mensal em Guajará será de R$ 182.100,00; totalizando R$ 2.185.200,00 por ano.

Participaram da cerimônia que marcou o início das entregas a primeira-dama do Amazonas, Taiana Lima; os deputados estaduais Adjuto Afonso, Belarmino Lins, Saullo Vianna, Doutor Gomes e Cabo Maciel; o deputado federal Alberto Neto; além de secretários estaduais e vereadores de Guajará.

“As famílias que estão recebendo, agora em dezembro, têm a parcela de novembro e, daqui a 10 dias, receberão também a parcela de dezembro. Então, com certeza, são R$ 300 que podem fazer a diferença no Natal dessas pessoas”, disse Alessandra Campêlo, titular da Secretaria de Assistência Social do Amazonas (Seas).

Para saber o dia e local do recebimento do cartão, o beneficiário pode acessar www.auxilioestadual.com.br. Para receber o cartão, os contemplados devem comparecer aos locais de entrega com documento de identificação com foto e CPF (originais).

Distribuição – Nos 62 municípios do Amazonas, o objetivo é alcançar 300 mil famílias. De acordo com a atualização mais recente, do último sábado (04/12), em todo o Amazonas já foram distribuídos 205.011 cartões.

No interior, dos 141 mil cartões previstos, 71.676 já foram entregues às famílias beneficiadas, o que representa 50,5% do total.

Na capital, do total de 158 mil, 133.335 já foram entregues, atingindo a marca de 84,3% de cartões repassados aos beneficiários.

Além de Guajará, o Auxílio Estadual permanente já chegou a Manaus, Manacapuru, Novo Airão, Itacoatiara, Rio Preto da Eva, Atalaia do Norte, Benjamin Constant, São Paulo de Olivença, Tabatinga, Manaquiri, Amaturá, Fonte Boa, Jutaí, Santo Antônio do Içá, Tonantins, Tefé, Careiro da Várzea, Iranduba, Itapiranga, Silves, Alvarães, Maués, Parintins, Anamã, Anori, Caapiranga, Codajás, Japurá, Maraã, Uarini, Barreirinha, Boa Vista do Ramos, Nhamundá, São Sebastião do Uatumã, Urucará, Urucurituba e Coari.

Auxílio Estadual – O programa, criado pelo governador Wilson Lima, é coordenado pela Seas e pelo Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS), com a colaboração de outras secretarias estaduais.

Todas as famílias a serem beneficiadas pelo Auxílio Estadual estão inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) do Governo Federal. O CadÚnico é o conjunto de informações sobre as famílias brasileiras em situação de pobreza e extrema pobreza, criado para implementação de políticas públicas capazes de promover a melhoria da vida das mesmas.

Feira da ADS – Ainda em Guajará, Wilson Lima inaugurou uma Feira de Produtos Regionais da Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (ADS), com investimento de R$ 50.030,50.

Os feirantes do município receberam, para a organização da feira, duas tendas, dois expositores, 50 mesas, 50 cadeiras, 50 bonés, 50 coletes de identificação, além de uma faixa.

As mercadorias serão vendidas diretamente pelo produtor rural, o que significa preços mais baratos para o consumidor.

As feiras da ADS movimentaram, só em 2021, R$ 2.080.000,00. Foram atendidos 1.300 feirantes em 26 municípios, 800 feirantes a mais do que os 500 atendidos no ano passado pela ADS, em 10 municípios do Amazonas.

Leia mais:
Justiça libera distribuição dos cartões do Auxílio Estadual em Coari
Mais de 140 mil famílias já receberam os cartões do Auxílio permanente
Câmara dos Deputados aprova MP que cria Auxílio Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui