TCE admite Representação contra Presidente Figueiredo por nepotismo

0
238
O município de Presidente Figueiredo, localizado na Região Metropolitana de Manaus, elegeu Patricia Lopes, para ocupar a Prefeitura em 2021.
Foto: Divulgação

O Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM) admitiu Representação contra a Prefeitura de Presidente Figueiredo, administrada por Patrícia Lopes(MDB), por nepotismo dentro da sede do Executivo Municipal.

Conforme o Processo nº 17.208/2021 publicado no Diário da Corte de Contas, a Representação foi admitida na última terça-feira(30), e publicada nesta quinta-feira(1).
De acordo com a documentação publicada, a representação foi oriunda de uma demanda sigilosa feita na Ouvidoria do órgão fiscalizador.

Não é a primeira vez que o Município é denunciado por nepotismo. Em junho de 2020, o Tribunal de Justiça do Amazonas afastou o presidente da Câmara do Município, à época, Jonas Castro Ribeiro (Avante) por 90 dias por utilizar o cargo para praticar atos que caracterizam improbidade administrativa e prática de nepotismo.

(Foto: Reprodução/TCE)

Leia mais:
Prefeita Patrícia Lopes vai gastar R$ 9,5 milhões com aluguel de máquinas

Moradores de PF preferem Romeiro após 9 meses de gestão de Patrícia Lopes
Gestão da prefeita Patrícia Lopes em Presidente Figueiredo é reprovada por 58%

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui