Justiça libera distribuição dos cartões do Auxílio Estadual em Coari

0
274
Desembargador derruba decisão que cancelou a distribuição dos cartões do Auxílio Estadual permanente do Governo do Amazonas em Coari.
Foto: Divulgação

O desembargador eleitoral Kon TsihWang derrubou a decisão do Juízo da 8ª Zona Eleitoral de Coari que cancelou a distribuição dos cartões do Auxílio Estadual permanente do Governo do Amazonas.

Com a decisão, o governador Wilson Lima (PSC) está liberado para retornar com a ação de governo que foi interrompida no último fim de semana.

Candidato da família Pinheiro moveu ação

Uma ação direta do candidato a prefeito de Coari Keitton Pinheiro (Progressistas) na Justiça eleitoral impediu que o Governo do Amazonas realizasse no município a campanha de benefícios sociais que vem fazendo em todo o estado. A decisão é da manhã do último sábado (20) e a eleição suplementar será no dia 5 de dezembro.

A defesa do candidato recorreu à juíza eleitoral do município pedindo que o governo não distribuísse à população o cartão do Auxílio Estadual, vagas para CNH (carteira de habilitação) Social e cestas básicas de alimentos.

Pinheiro alegou, entre outros pontos, abuso de poder em favor do seu principal opositor, Robson Tiradentes Júnior (PSC).

Conforme avaliação da juíza eleitoral, a ação do governo em Coari caracteriza-se conduta vedada diante da sua conexão com o processo eleitoral.

Em síntese, a decisão judicial manda o governador do estado, Wilson Lima (PSC), suspender a distribuição dos benefícios em Coari e realizá-la após o pleito.

Além disso, determina busca e apreensão na cidade, pelo Gaeco/Ministério Público (MP-AM) e Polícia Civil, de cartões do Auxílio Estadual, do material de concessão de CNH Social e também dos ranchos.

Leia mais:
TRE-AM divulga prazo limite para eleição suplementar em Coari
Sem máscaras, Adail e Amazonino se reúnem para ‘trocar ideias’
Justiça rejeita recurso de Adail e ordena nova eleição em Coari

Mais informações.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui