David Almeida paga Ideb e reajusta em 10,94% salário dos professores

0
372
David Almeida anunciou o pagamento do Ideb e o reajuste de 10,94% no salário dos servidores da Secretaria Municipal de Educação (Semed).
Foto: BNC AMAZONAS

O prefeito de Manaus, David Almeida, anunciou, ontem (5), o pagamento do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) e o reajuste de 10,94% no salário dos servidores da Secretaria Municipal de Educação (Semed).

“Nós vamos pagar a data-base, o reajuste, todo o retroativo, de janeiro até 2021. Vamos pagar para a educação a bonificação das escolas, as que alcançarem os índices, o 14º e o 15º salários”, disse.

Desse modo, ele também enfatizou também, que já está pagando as progressões, que é um direito dos profissionais da educação.

Os anúncios realizados para a educação pública municipal, ocorreram em comemoração ao Dia Mundial do Professor, cuja data, (5).

A data foi proclamada pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) em 1994.

Reajuste

A Prefeitura de Manaus conta com aporte de R$ 66 milhões para atender os mais de 15,5 mil funcionários da ativa que têm direito ao benefício.

Com isso, o reajuste de 10,94%, passará a contar nos vencimentos dos profissionais da educação, a partir de outubro de 2021.

Ou seja, sendo composto por 2,05%, retroativo de janeiro a abril de 2021 e 8,89%, retroativo a maio de 2021.

A adequação atingirá também os servidores aposentados com direito a paridade.

Os percentuais são baseados no Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), acumulado no período, relativo à data-base dos anos de 2019-2020 e 2020-2021.

Motivação

David Almeida também destacou a importância da motivação do servidor público, uma marca da sua gestão no município e em outros cargos públicos que já ocupou.

“Valorizar o servidor público, fazer com que ele trabalhe motivado, faz ele render mais e melhor para a sociedade, essa é a premissa para a Prefeitura de Manaus”, pontuou Almeida.

O secretário municipal de Educação, Pauderney Avelino, destacou que receberão ainda mais benefícios aqueles que cumprirem as metas.

E, ao mesmo tempo, ajudarem a elevar o padrão da educação na rede municipal de ensino de Manaus.

“Nós estaremos premiando as escolas que atingirem as metas de alfabetização dos nossos alunos, e eu tenho certeza que todos os nossos profissionais estão envolvidos para que possamos atingir as metas, para os alunos do 1º, 2º e 3º ano fundamental”, salientou Pauderney.

Saeb

Além disso, o secretário falou ainda sobre a premiação das escolas, por meio do Saeb.

“Vamos também premiar, sem nenhum atraso, aquelas escolas que atingirem a meta do Saeb (Sistema de Avaliação da Educação Básica), do exame nacional, com 14º e algumas com 15º salário”, falou

Ele acrescentou que, com esses parâmetros, estabelecidos a partir do ano que vem, o prefeito irá fazer o pagamento dos prêmios.

O profissional do magistério com 20 horas, em início de carreira, receberá acumulado, até o fim do ano, o valor aproximado de R$ 2.300 e com 40 horas semanais, receberá o valor aproximado de R$ 4.600.

Avanços

A Prefeitura de Manaus continua avançando no Plano de Valorização dos Profissionais da Educação, atualizando as Evoluções Funcionais na Carreira (área do magistério e administrativa).

No mês de outubro, portanto, foram publicadas mais de 400 evoluções funcionais, entre progressão por tempo de serviço ou progressão por titularidade, atendendo por volta de 200 servidores.

“Esse trabalho de valorização do nosso servidor vem do início da nossa gestão, com o Auxílio Conectividade e o Proesc (Programa do Orçamento na Escola)”, observou Avelino.

Leia mais:
Prefeitura convoca 85 professores classificados em PSS para Semed
Golpe de Bolsonaro tira R$ 131 milhões destinados a professores do AM
Deputada aciona Justiça pedindo urgência na vacinação de professores

Mais informações.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui