Saúde gasta R$ 70 mil por mês para guardar medicamentos vencidos

0
319
O Ministério da Saúde gasta cerca de R$70 mil por mês para armazenar medicamentos, testes e insumos do SUS vencidos.
Foto: Marcello Casal / Agência Brasil

O Ministério da Saúde gasta cerca de R$70 mil por mês para armazenar medicamentos, testes e insumos do SUS vencidos.

Revelado pela Folha de S. Paulo, o estoque de produtos sem validade é avaliado em R$ 243 milhões.

O valor para manter os produtos na central de distribuição de Saúde, em Guarulhos (SP), foi confirmador por autoridades do governo federal que acompanham as discussões.

A VTCLog, empresa investigada pela CPI da Covid, administra o armazém. Cabe à imprensa informar a Saúde sobre produtos prestes a vencer, além de separar os insumos sem validade ou interditados.

Procurado, o Ministério da Saúde não quis se manifestar sobre estoque vencido e não confirmou se o pagamento é inteiramente feito à VTCLog. A pasta colocou em sigilo de cinco anos todas as informações sobre os produtos vencidos.

Leia mais:
Preços de medicamentos tem reajuste de até 4,88%
Projeto de lei pretende tornar obrigatória a divulgação de medicamentos gratuitos
Wilson Lima anuncia redução de 10% no preço de medicamentos

Mais informações.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui