Aprovada criação da Frente Parlamentar dos senadores do Norte e Nordeste

0
429

O Plenário do Senado aprovou, na quarta-feira (22), projeto de resolução que cria a Frente Parlamentar dos Senadores dos Estados do Norte e do Nordeste para incentivar e desenvolver iniciativas destinadas ao desenvolvimento econômico e social das regiões (PRS 48/2019). O projeto vai à promulgação.

De acordo com a Agência Senado, o foco da proposta do senador Rogério Carvalho (PT-SE) é incentivar o crescimento social, econômico, orçamentário, financeiro, tecnológico, jurídico, científico, ambiental, cultural e educacional das duas regiões. A frente parlamentar atuará na promoção de eventos destinados ao desenvolvimento do Norte e Nordeste e na busca de apoio financeiro, entre outras atividades.

Em sua justificativa, Rogério Carvalho argumentou que o Norte e o Nordeste sofrem com redução dos investimentos públicos federais, o que, segundo ele, torna evidente a falta de efetividade da política de desenvolvimento regional.

“Diante desse cenário, os senadores das duas regiões compreenderam ser fundamental a criação dessa frente parlamentar para a defesa conjunta dos interesses regionais, englobando uma pauta que envolve ações junto aos três Poderes da União”, explicou.

A matéria foi aprovada com relatório favorável do senador Weverton (PDT-MA), feito em substituição às manifestações das Comissões Diretora e de Desenvolvimento Regional (CDR).

“Não tenho dúvida que é um movimento que vai marcar de verdade, a partir de hoje, a relação de forças com o Norte e o Nordeste brasileiro. Esses 16 estados que estão representados por 48 senadores são muito importantes, porque aqui nós compomos a maioria. Norte e Nordeste não compõem a maioria na Câmara, mas, no Senado, sim. E aqui nós estamos para fazer justamente esse ponto de equilíbrio nesse grande debate”, afirmou.