Festival Amazonas de Ópera 2019 vai celebrar centenário de Claudio Santoro

0
788
(Foto: Reprodução/Internet)

Em 2019, o Festival Amazonas de Ópera (FAO) chega à 22ª edição celebrando o centenário de nascimento de Claudio Santoro, importante compositor e maestro amazonense, com a apresentação da ópera “Alma” e de um recital com canções compostas por Santoro. O evento acontece de 26 de abril a 30 de maio.

Os ingressos para o FAO 2019 já estão disponíveis na bilheteria do Teatro Amazonas e, também, pela internet. Os valores vão de R$ 2,50 a R$ 60. Neste ano, o festival será transmitido ao vivo pela TV Cultura local.

Leia mais sobre as óperas a serem apresentadas:

Abertura

“Ernani”, de Giuseppe Verdi, abrirá a programação, em forma de concerto, no Teatro Amazonas, no dia 26 de abril, às 20h, com o Coral do Amazonas, Orquestra de Câmara do Amazonas e Orquestra Experimental da Amazonas Filarmônica, sob regência de Luiz Fernando Malheiro.

Baseada na obra de Victor Hugo, a história se passa na Espanha do início do século 16 e conta a dramática história de amor de Ernani e Elvira, permeada por atribulações, encontros e desencontros.

(Foto: Reprodução/Internet)

Rivalidade entre rainhas

Segunda obra a ser encenada no FAO 2019, “Maria Stuarda”, de Gaetano Donizetti, é baseada na peça de Friedrich Schiller e narra a rivalidade entre as primas Mary, rainha da Escócia, e Elizabeth, rainha da Inglaterra.

A obra faz parte de uma trilogia – “Elisabetta al Castello di Kenilworth”, “Maria Stuarda” e “Roberto Devereux” – que tem Elizabeth I como personagem principal. Será a estreia brasileira da edição crítica da obra, representada pelo Coral do Amazonas e Amazonas Filarmônica, sob regência do maestro Marcelo de Jesus.

História trágica entre cantora e pintor

Já “Tosca”, de Giacomo Puccini, é sobre a trágica história da célebre cantora Floria Tosca e seu amado, o pintor Mario Cavaradossi, que viviam na Roma de 1800, no fim do período dominado por Napoleão. A montagem será encenada pelo Coral do Amazonas, Coral Infantil do Liceu de Artes e Ofícios Claudio Santoro e Amazonas Filarmônica, sob a regência de Luiz Fernando Malheiro.

Maria e a Paixão de Cristo

Seguindo a programação tem o Laboratório de Ópera Barroca – que há três edições faz parte das atrações do FAO –, com “Mater Dolorosa”, baseada na cantata “Stabat Mater Dolorosa”, de Giovanni Pergolesi, que reflete sobre o sofrimento de Maria durante a Paixão de Cristo. O espetáculo contará com o Balé Experimental do Corpo de Dança do Amazonas, Grupo Vocal dos Corpos Artísticos e Orquestra de Câmara do Amazonas, com direção musical de Átila de Paula.

(Foto: Divulgação)

Homenagem a Claudio Santoro

A grande homenagem a Claudio Santoro acontecerá com a estreia da versão revisitada de “Alma”, ópera em quatro atos do compositor amazonense, baseada na primeira parte da trilogia “Os condenados”, de Oswald de Andrade.

A história se passa na São Paulo dos anos 20 e mostra a conturbada relação da protagonista com o cafetão Mauro, por quem é apaixonada. O espetáculo terá o Corpo de Dança do Amazonas, Coral do Amazonas, Amazonas Filarmônica, com regência de Marcelo de Jesus e Otávio Simões.

Outras apresentações

A programação do 22º FAO contará também com o Recital Bradesco, que será apresentado no Teatro da Instalação, dia 29 de maio, com repertório composto por canções de Claudio Santoro executadas pela Orquestra de Câmara do Amazonas.

‘Ópera Mirim’ – O projeto “Ópera Mirim” apresentará “L’enfant et les Sortilèges” (O Menino e os Sortilégios), de Maurice Ravel, em português e feita com fantoches pelos artistas do Pequeno Teatro do Mundo. Trata-se de uma metáfora sobre a infância e o amadurecimento, contada por meio da história de um menino, que, com a ajuda de objetos encantados, encontra uma forma de viver mais generosa.

Haverá apresentações no hall do Teatro Amazonas, em bairros nas quatro zonas da cidade e em dois municípios do interior: Santa Isabel do Rio Negro e Benjamin Constant.

A programação inclui, ainda, um momento para discutir e pensar ópera, em um encontro com o tema “Os Teatros de Ópera e a Economia Criativa na América Latina”, no Centro Cultural Palácio da Justiça, dia 26 de maio, das 9h às 13h. A iniciativa é voltada para apresentar dados e casos de sucesso sobre a Indústria da Ópera na América Latina.

O evento é realizado pelo Governo o Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (SEC), com patrocínio master do Bradesco, por meio da Lei de Incentivo à Cultura, Ministério da Cidadania e Secretaria Especial de Cultura.

Elenco

Luiz Fernando Malheiro, diretor artístico do FAO, ressaltou a qualidade do elenco, que conta com artistas locais, nacionais e internacionais. A ópera que vai abrir o Festival, “Ernani”, terá um elenco expressivo no cenário internacional, como o carioca Luiz Ottavio Faria e o Rodolfo Giugliani, barítono de São Paulo.

Entram na lista ainda a mexicana Maria Katzarava, vencedora de concurso “Operalia”, organizado por Plácido Domingo, e o protagonista chileno Enrique Bravo, que mora em Manaus há 20 anos.

Sessões e horários

“Ernani” (ópera em concerto)
26/04 – 20h – TEATRO AMAZONAS
28/04 – 19h – TEATRO AMAZONAS

“Maria Stuarda”
05/05 – 19h – TEATRO AMAZONAS
10/05 – 20h – TEATRO AMAZONAS
12/05 – 19h – TEATRO AMAZONAS

“Tosca”
11/05 – 20h – TEATRO AMAZONAS
17/05 – 20h – TEATRO AMAZONAS
19/05 – 19H – TEATRO AMAZONAS

“Mater Dolorosa”
25/05 – 20h – TEATRO AMAZONAS
29/05 – 20H – TEATRO AMAZONAS

“Alma”
26/05 – 19h – TEATRO AMAZONAS
28/05 – 20h – TEATRO AMAZONAS
30/05 – 20h – TEATRO AMAZONAS

Ópera Mirim: “L’enfant et les Sortilèges” (O Menino e os Sortilégios)
27/04 – Hospital Joãozinho
29/04 – Casa Vhida
13 a 19 de maio – Santa Isabel do Rio Negro e Benjamin Constant
27/05 – CETI João dos Santos Braga (Cidade Nova)
29/05 – CETI Zilda Arns (Avenida Principal, s/nº, Comunidade Jesus me Deu)
05, 12, 19 e 26 de maio – 11h – Hall do Teatro Amazonas

Concerto do Dia das Mães
Com Orquestra de Violões do Amazonas
12/05 – 11h – Teatro da Instalação

Mulheres da Ópera
18/05 – Shopping Ponta Negra
25/05 – Fcecon
27/05 – Fundação Doutor Thomas

Recital Bradesco: “Canções de Claudio Santoro”
29/05 – 20h – TEATRO DA INSTALAÇÃO

Encontro “Os Teatros de Ópera e a Economia Criativa na América Latina”
26/05 – das 9h às 13h – CENTRO CULTURAL PALÁCIO DA JUSTIÇA