CPI descobre 11 perfis de políticos que espalham fake news

0
262
A CPI da Covid-19 deve colocar para votação a quebra de sigilo de perfis de redes sociais disseminadores de fake news sobre a pandemia.
Foto: Pedro França/ Agência Senado

A CPI da Covid-19 deve colocar para votação a quebra de sigilo de perfis de redes sociais disseminadores de fake news sobre a pandemia da covid-19. Os trabalhos retornam na próxima terça-feira, dia 3 de agosto.

Até o momento, foram listados 76 perfis, sendo 11 de parlamentares federais.

Uma equipe da comissão destacada para compilar informações sobre desinformação deverá analisar todos os 76 perfis listados.

A partir dessa varredura, serão definidos os possíveis alvos para quebra de sigilo. Após a elaboração dos requerimentos, o presidente da CPI, senador Omar Aziz (PSD-AM), incluirá os pedidos em pauta para apreciação dos senadores.

A CPI pretende descobrir se algum desses perfis que divulgaram desinformação receberam recursos do governo federal, por exemplo, no decorrer da crise sanitária, e por qual motivo.

Os senadores querem apurar se houve beneficiamento financeiro de disseminadores de informações falsas durante a pandemia.

Leia mais:
Prefeito de Apuí vai gastar mais de R$ 2 milhões com ‘material de expediente’
MPAM ajuíza ação para obrigar Prefeitura de Lábrea a concluir creches
Prefeitura de Manaquiri vai desembolsar R$ 1,3 milhão para reforma de secretaria

Mais informações.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui