Após busca ativa, escola estadual alcança 97% dos estudantes

0
280
A Escola Estadual (EE) Benício Leão, localizada na zona sul de Manaus, desenvolveu uma força-tarefa com o empenho dos profissionais da Educação.
FOTO: Divulgação/Seduc-AM

Serviço busca diminuir a evasão escolar, durante o período de aulas não presenciais

Muitos fatores podem afastar o aluno da sala de aula e, pensando em auxiliá-los durante o período de aulas remotas, a Escola Estadual (EE) Benício Leão, localizada na zona sul de Manaus, desenvolveu uma força-tarefa com o empenho dos profissionais da Educação, alcançando, por meio do busca ativa, 97% dos estudantes matriculados na unidade escolar.

O serviço é um dos principais projetos pedagógicos da Secretaria de Estado de Educação e Desporto, e busca diminuir a evasão escolar, durante o período de suspensão das atividades presenciais, por meio do levantamento semanal dos alunos atendidos nos grupos de WhatsApp, preenchimento do link de frequência diária, ligação telefônica e visita nas residências mais próximas à escola.

“No início do ano letivo, contávamos com cerca de 32% dos alunos sem acesso ao programa ‘Aula em Casa’, grupos de WhatsApp e plataforma Google Classroom da escola. Com o serviço de busca ativa, a unidade resgatou muitos destes estudantes e, atualmente, estamos com 97,25% dos alunos inseridos nos grupos de mensagens e acompanhando o programa. Isso só foi possível com todo o esforço e a determinação da equipe gestora, professores e administrativos”, afirma a gestora da EE Benício Leão, Ádila Martins.

Apostilas – Após a identificação dos alunos na busca ativa, a equipe pedagógica elabora apostilas e materiais de apoio com base nos conteúdos do programa “Aula em Casa”, sempre com o objetivo de atender os estudantes não alcançados pelas aulas remotas. Neste caso, a escola entra em contato com o pai ou responsável, que retira a apostila na unidade, seguindo todos os protocolos de segurança em saúde, como o uso obrigatório de máscara e o respeito ao distanciamento social.

Outra estratégia desenvolvida pela unidade escolar é a realização de reuniões com os pais e responsáveis, com o intuito de orientá-los acerca do uso das ferramentas utilizadas pelos professores.

Ainda conforme a gestora, a parceria entre a escola e a família é fundamental para alcançar bons resultados. “A parceria entre escola e família é ingrediente fundamental no fortalecimento do ensino oferecido pelo programa ‘Aula em Casa’, uma vez que o responsável pelo aluno é o principal meio de comunicação deles com a escola”, concluiu.

Leia mais:
Bolsonaro veta lei de internet gratuita para escolas públicas
Prefeitura inicia nova etapa de entrega do ‘kit merenda escolar’
Escolas devem manter redução de 20% nas mensalidades em 2021

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui