Vereador manauara quer canal para receber denúncias de aglomerações

0
99
(Foto: Michell Mello)

Nesta segunda-feira (29), o vereador de Manaus Rodrigo Guedes (PSC), fez uma solicitação, por meio de indicação, ao secretário de Segurança Pública do Amazonas, Louismar Bonates, para que seja criado um canal de comunicação exclusivo, via WhatsApp, para denúncias de aglomerações e festas clandestinas em Manaus, durante a pandemia da Covid-19.

O objetivo é evitar essas aglomerações resultem em mais casos do novo coronavírus e, consequentemente, em mais óbitos pela doença, pois, segundo o parlamentar, mesmo com a alta no número de casos de na capital amazonense, muitas festas clandestinas e espaços com alto número de pessoas reunidas sem cumprir as normas de segurança sanitária para o combate ao vírus ainda chamam atenção, principalmente em condomínios e residências de luxo.

O vereador Rodrigo Guedes pediu a disponibilização de um canal de comunicação efetivo e específico para que a população possa denunciar grandes aglomerações em Manaus e combater o desrespeito à saúde pública, de forma rápida e desburocratizada, já anexando, quando possível, a prova da aglomeração por meio de fotos e vídeos, assim como a localização, facilitando a atuação da Policia Militar do Amazonas (PMAM).

“Não podemos perder mais vidas e fechar o comércio de novo por irresponsabilidade, precisamos combater qualquer possibilidade de uma terceira onda. Mais do que criticar, repudiar ou pedir intensificação das fiscalizações, proponho a criação do ‘Disk Aglomeração’, canal efetivo e rápido, por meio do WhatsApp, focado no recebimento de denúncias de aglomerações e festas. O denunciante, além de ter sua identidade preservada, pode enviar fotos, localização”, afirmou o vereador Rodrigo Guedes.

Leia mais:

Prefeito solicita volta completa da frota para evitar aglomerações
Governo do Amazonas inicia vacinação das forças de segurança
Deputado apresenta projeto para incentivar vacinação no Amazonas

Por Cíntia Ferreira, do Portal Projeta
*Com informações da assessoria de comunicação

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui