Prefeitura implanta viveiro de plantas medicinais no parque do Mindu

0
252
Boldo, malvarisco, óleo-elétrico e sara tudo. Essas são algumas espécies que começaram a ser plantadas no primeiro viveiro de plantas medicinais.
Texto - Keynes Breves / Semmas - Foto - Deyvson Braga e José Feitoza / Semmas

Boldo, terramicina, japana, malvarisco, óleo-elétrico e sara tudo. Essas são algumas espécies que começaram a ser plantadas no primeiro viveiro de plantas medicinais da Prefeitura de Manaus, no parque municipal do Mindu, localizado na zona Centro-Sul da capital amazonense.

A ação intitulada “Cantinho da Saúde”, faz parte do programa ambiental “Manaus Verde”, lançado na gestão do prefeito David Almeida e coordenado pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas).

De acordo com o diretor do Departamento de Arborização e Sustentabilidade da Semmas, Deyvson Braga, o primeiro viveiro de plantas medicinais é um projeto-piloto que pode ser levado para outros parques e unidades de conservação, que estão sob a responsabilidade da prefeitura.

“Aqui estamos implantando dez canteiros com as mudas que temos em nosso viveiro. Com o tempo iremos adicionar outras, visando a propagação e multiplicação dessas espécies, para assim fazermos também a doação de mudas medicinais”, informou Deyvson.

Doação

Com a consolidação do “Cantinho da Saúde” no parque do Mindu, a Semmas pretende também trabalhar a doação dessas espécies medicinais para a população.

“Já existem muitos estudos comprovando a ação farmacológica dessas plantas na cura e tratamento de várias doenças, por isso queremos colocar essas mudas à disposição da população, de forma gratuita”, disse o secretário Semmas, Antonio Ademir Stroski.

Leia mais:
David e Rotta lançam pacote de obras para 1,7 mil ruas
Governo do Estado assina contrato para recuperação da orla de Japurá
Loteamento Rio Piorini recebe obras da Prefeitura de Manaus

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui