Auxílio emergencial poderá ter que ser declarado no Imposto de Renda

0
134
(Foto: divulgação)

O programa da Receita Federal para a declaração do Imposto de Renda de 2021 já está disponível na internet. Contribuintes que tiveram rendimentos tributáveis no ano passado superior a R$ 22.847,76 e que receberam o Auxílio Emergencial, terão que declará-lo e devolvê-lo.

De acordo com o auditor fiscal da Receita Federal, José Carlos da Fonseca, a devolução pode ser feita de duas formas. A primeira é através do site do Ministério da Cidadania, onde pode ser emitido um extrato dos recebimentos. A segunda é por meio da Receita Federal , que também estará fazendo essa triagem e emitindo um boleto em caso de devolução.

Pela estimativa da Receita Federal, cerca de 3 milhões de pessoas terão que devolver o benefício recebido indevidamente, o que representa quase 10%. José Carlos da Fonseca explicou que a Lei não prevê exceções e que todo valor recebido indevidamente terá que ser devolvido.

O prazo para declaração do Imposto de Renda começou na última segunda-feira (1º) e termina em 30 de abril. Quem perder o prazo poderá pagar uma multa mínima no valor de R$ 175,74, podendo ser o valor máximo de 20% do imposto devido.

Leia mais:
Senadores apresentam projeto para sustar decreto de imposto de bicicletas
Guedes: ‘Nós não vamos aumentar os impostos’
Livros podem ter isenção de impostos garantida na Constituição

Por Cíntia Ferreira, do Portal Projeta

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui