Reabertura do comércio tem aglomeração no primeiro dia em Manaus

0
118
Consumidores em rua comercial no Centro na manhã desta segunda: movimento intenso
(Foto: Murilo odrigues/ATUAL)

O governador Wilson Lima (PSC) editou, na última sexta-feira (19), um decreto em que autoriza a reabertura do comércio. Na capital, na manhã desta segunda-feira (22), foram registradas várias aglomerações e um movimento intenso no primeiro dia da reabertura.

O governador do estado disse que a medida tinha como objetivo ajudar a economia, já que dados de monitoramento da Covid-19 no estado apresentaram uma pequena queda. “Todas as medidas tem um objetivo só: preservar a vida das pessoas”, ressaltou o governador ao anunciar a reabertura.

Wilson Lima destacou que para que o comércio continue aberto, é preciso que a população faça a sua parte, saindo somente se for necessário, ainda mais com a nova variante da doença circulando no Amazonas. Ele também comentou que não vê problemas em voltar atrás da decisão, caso seja necessário.

Mas, no entanto, as ruas do calçadão comercial de Manaus ficaram lotadas, com aglomerações, e a circulação de pessoas foi intensa a partir das 9h desta segunda-feira. Entre os ambulantes, até venda de medicamentos sem eficácia comprovada no tratamento da Covid-19.

O comércio está autorizado a funcionar para atendimento presencial das 9h às 15h de segunda a sábado. Aos domingos, os estabelecimentos devem permanecer fechados.

Confira como ficou:

  • Continua a restrição de circulação de pessoas entre 19h e 6h da manhã, com autorização apenas para saídas excepcionais;
  • Lojas em geral estão autorizadas a funcionar de 9h às 15h, de segunda a sábado, com delivery 8h às 17h e drive-thru 8h às 16h;
  • Supermercados deverão manter o horário de funcionamento, com autorização para a venda de produtos não essenciais;
  • Os shoppings centers poderão abrir das 10h às 16h, de segunda a sábado;
  • As praças de alimentação devem funcionar com apacidade de 50% de publico, de 6h às 16h, de segunda a sábado;
  • Também estão liberadas na parte de construção civil as obras de manutenção em residências.
  • As unidades de ensino podem abrir a área administrativa de segunda a sexta, com a capacidade de 50% e por agendamento.

Leia mais:
Governo autoriza a reabertura do comércio a partir de segunda
Protesto em Manaus pela reabertura do comércio tem aglomeração
Suspensão de feriados: Prefeito nega ‘implicância’ com católicos

Por Cíntia Ferreira, do Portal Projeta

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui