Saullo Vianna dá detalhes sobre ações de combate à Covid

0
111
O deputado estadual Saullo Vianna (PTB) apresentou o Projeto de Lei para dar mais transparência no processo de imunização contra a Covid-19 no AM.
Foto: Assessoria

Em entrevista à Rádio Clube, na manhã desta quinta, deputado falou sobre emendas de R$ 1,5 milhão destinadas a Parintins como município polo do Baixo Amazonas, no ano passado, e repasses emergenciais neste ano para minimizar efeitos de uma segunda onda em todo o interior do Estado.

Em entrevista à Rádio Clube de Parintins, na manhã desta quinta-feira (21), o deputado estadual Saullo Vianna (PTB) apresentou detalhes das ações para minimizar os efeitos do Coronavírus no interior do Amazonas. No ano passado, Saullo Vianna destinou mais de R$ 1,5 milhão em emendas para Parintins, como município polo do Baixo Amazonas, beneficiando também Nhamundá e Barreirinha, além das comunidades rurais da região. Neste início de 2021, o deputado já apresentou um indicativo para mais repasses, que serão divididos por todos os 61 municípios do interior do Estado.

O dinheiro deve ser voltado para a atenção básica de saúde dos municípios, com a contratação de médicos e profissionais de saúde e aquisição de medicamentos.

“No ano passado, consegui destinar emendas de R$ 1,5 milhão para as ações de combate ao Coronavírus em Parintins. E foi um dinheiro muito importante para ajudar as pessoas daquela região. Mas existe uma preocupação muito grande entre os prefeitos para que a crise que aconteceu em Manaus, não se repita no interior, até porque os municípios não vão comportar. Minha proposta foi para dar este socorro. O objetivo é reforçar a atenção básica no interior”, explicou Saullo, um dos parlamentares com maior atuação no interior do Estado.

A ideia é que o dinheiro seja repassado para que as prefeituras possam investir diretamente na saúde do município, atuando na ponta e de maneira rápida, para que menos internações sejam necessárias, desafogando assim hospitais do interior e minimizando a necessidade de remoções para a capital.

Leia mais:
Mayara propõe criação de consórcio público para Estado comprar vacinas
Aulas nas escolas municipais de Manaus começam dia 18 de fevereiro
App que recomendava cloroquina até para bebês sai do ar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui