Wilson para Arthur: ‘Ajude em vez de atrapalhar. Seja homem!’

0
148
O governador do Amazonas, Wilson Lima, rebateu o ex-prefeito de Manaus Arthur Virgílio Neto (PSDB), que o acusou, pelas redes sociais.
Governador Wilson Lima e ex-prefeito Arthur Virgílio trocam acusações e ofensas em meio à pandemia (Foto: Diego Péres/Secom)

O governador do Amazonas, Wilson Lima, rebateu o ex-prefeito de Manaus Arthur Virgílio Neto (PSDB), que o acusou, pelas redes sociais, de ser o pior governador que o Amazonas já teve. Arthur acusou Lima de “assassinato” contra amazonenses para se referir à falta de oxigênio na rede pública de saúde do estado.

“Eu quero dizer diretamente ao governador do estado que o nome disso é assassinato, como é assassinato se comprar respirador falso, respirador que não serve para curar ninguém, ainda mais em loja de vinho e com preço superfaturado. O senhor foi o pior governador que o estado já teve e o senhor está praticando assassinato. E pior: assassinato à lá Hitler, tipo câmara de gás, por asfixia, o mais cruel”, disse o ex-prefeito.

O governador respondeu diretamente ao ex-prefeito, também pelo seu perfil oficial no Twitter. Wilson Lima acusou Arthur Virgílio de usar a prefeitura para “encobrir o assassinato do engenheiro Flávio Rodrigues“, seu enteado, e disse que ele devia ser “homem”.

“@Arthurvneto falando em homicídio? Durante sua gestão, usou a máquina da Prefeitura de Manaus para encobrir o assassinato do engenheiro Flávio. O ex-prefeito é parte do problema. Desde o início da pandemia, estamos dando o sangue para salvar vidas e ele não fez a parte dele. Agora faz politicagem”, disse.

“@Arthurvneto, pare de pensar em si mesmo e em seus interesses. Pense no povo, na saúde da população. Ajude em vez de atrapalhar. Seja homem. Seja responsável. Não use a pandemia como trampolim político. Isso é um desrespeito para com todos que estão na linha de frente e com as famílias enlutadas. Saia do seu mundo pequeno e venha para as ruas ajudar a cuidar das pessoas”, concluiu.

Desde o início da pandemia, em março de 2020, as Arthur Virgílio e Wilson Lima não se entendem sobre as medidas de combate à Pandemia em Manaus e no Amazonas. Acusações em entrevistas coletivas e pronunciamentos foram constantes e se intensificaram ao fim da gestão do ex-prefeito, que desde janeiro não ocupa mais o cargo.

Confira o vídeo com a manifestação de Arthur Neto.

Confira as declarações do governador.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui