Lei seca: TRE proíbe consumo de bebidas nas eleições no Amazonas 

0
543
Lei seca: TRE proíbe consumo de bebidas nas eleições no Amazonas
Lei seca: TRE proíbe consumo de bebidas nas eleições no Amazonas (Foto: Reprodução / Roberto-Carlos)

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE/AM) publicou nesta terça-feira (10), cinco dias antes das eleições municipais, uma determinação em que proíbe o consumo de bebidas alcoólicas em qualquer local público em todo o estado do Amazonas, no primeiro e segundo turno do pleito eleitoral, 15 e 29 de novembro, respectivamente.

Segundo o texto da determinação, no primeiro turno, não será permitido o consumo de álcool em bares, restaurantes, supermercados e estabelecimentos similares entre às 22h do dia 14 de novembro e às 18h do dia 15 de novembro.

Apesar da proibição da venda de bebidas não constar no Código Eleitoral, a decisão considera que seu consumo “afeta a capacidade de discernimento do ser humano”, além de ressaltar que “acarreta transtornos e compromete a boa ordem dos trabalhos eleitorais”.

Ainda, de acordo com o TRE, a proibição do consumo de bebidas alcoólicas em eleições anteriores foi eficaz para reduzir o número de ocorrências e distúrbios. O descumprimento da determinação caracteriza crime de desobediência, previsto no artigo 347 do código eleitoral brasileiro (Lei nº 4.737/1965).

A decisão foi publicada nesta terça-feira, em uma portaria conjunta, assinada pelo presidente do TRE do Amazonas, desembargador Aristóteles Thury, e pelo Secretário de Segurança Pública, Louismar Bonates.

Leia mais:
Guia das eleições 2020: regras e informações
Prefeito de Manaus propõe ônibus gratuito no domingo
Reta final: o que têm prometido os candidatos de Manaus nas redes sociais

Por Cíntia Ferreira, do Portal Projeta
*Com informações do TRE Amazonas 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui