PT pode eleger apenas um prefeito de capital

0
431
O PT (Partido dos Trabalhadores) vê o derretimento de seu capital político e pode eleger apenas um prefeito nas 26 capitais brasileiras. 
Fotos: divulgação

O PT (Partido dos Trabalhadores) vê o derretimento de seu capital político e pode eleger apenas um prefeito nas 26 capitais brasileiras. 

É em Vitória/ES, onde o candidato João Coser lidera as pesquisas eleitorais. 

No entanto, nada é seguro porque o segundo colocado, Fabrício Gandini (Cidadania), está a dois pontos do petista. Nesse caso, a disputa vai para o segundo turno. 

O PT, a principal legenda da esquerda, nos últimos 20 anos, emplacou dois presidentes da República – Lula e Dilma. Nas eleições 2020, entretanto, o partido sofre com o esquecimento e corre o risco de não se eleger em nenhuma capital. 

Em Manaus, o candidato petista José Ricardo está numericamente em quarto lugar. Ele está 11,5% das intenções de voto, mas vem crescendo nas pesquisas. 

Empatado tecnicamente com Davi Almeida/Avante (15,3%) e Ricardo Nicolau/PSD (12,5%), o petista disputa uma vaga no segundo turno. O adversário seria Amazonino Mendes/Podemos (27,2%). 

Em Fortaleza/CE, a ex-prefeita do PT e agora deputada federal Luiziane Lins caiu uma posição e agora está em terceiro lugar da disputa. Tudo indica, porém, que não deve ir para o segundo turno. 

Na capital cearense, o PDT lidera a corrida com José Sarto, que está com 29% das intenções de voto. 

Em Recife/PE, a candidata do PT, Marília Arraes, é segunda colocada.  Pesquisas indicam, contudo, que ela pode ir ao segundo turno com o líder João Campos (PSB). 

PT Amazonas fora da Lava Jato 

Questionado sobre a performance do partido nessas eleições, o candidato a prefeito de Manaus pelo PT, deputado José Ricardo, foi direto: “Não posso pagar pelos erros dos outros”. 

Em seguida, o petista desabafou: “Eu respeito a opinião de todo mundo, mas muita desinformação, fake news também circulam. No entanto, aqui no Amazonas não tem ninguém do PT envolvido em corrupção. Eu estou há anos na política, nunca me envolvi em nada. Então, se eu estou sendo julgado pelos erros de alguém do PT, eu acho que é um julgamento injusto”, disse o candidato a prefeito de Manaus. 

José Ricardo lembrou, entretanto, que candidatos e aliados de outros partidos, como MDB, PL, PSD e Podemos estão na lista da Lava Jato. 

No entanto, o PT do Amazonas não tem ninguém envolvido na operação. “Portanto, não posso pagar pelo erro dos outros”, declarou.

Na capital São Paulo/SP, o candidato do PT, Jilmar Tatto, ocupa a quinta posição nas pesquisas, com 6%.

Da mesma forma, Nilmário Miranda, em Belo Horizonte/MG, que tem apenas 2% das intenções de voto. 

Já no Rio de Janeiro/RJ, Benedita da Silva está em quarto lugar, com apenas 8%. 

Em outro reduto petista, Rio Branco/AC, o candidato Daniel Zen ocupa a quinta posição nas pesquisas, com 5% das intenções. 

Redutos esvaziados 

É bom lembrar que o PT governou a Prefeitura de São Paulo por três vezes, com Luíza Erundina, Marta Suplicy e Fernando Haddad. 

Também comandou a prefeitura de BH e o governo do estado de Minas Gerais, com Fernando Pimentel. 

Tanto o estado do Acre quanto sua capital foram governados pelo PT – dos irmãos Jorge e Tião Viana e aliados – por décadas. 

Outros companheiros 

Com a queda na popularidade e no desempenho eleitoral – descrédito por conta das denúncias de corrupção nos governos do PT – outros “companheiros” da esquerda vêm se destacando. 

O PCdoB, por exemplo, lidera com folga em Porto Alegre/RS, com Manuela D’Ávila. Ela tem 27% das intenções de voto dos porto-alegrenses. 

Em Belém/PA, o Psol está na frente, com o deputado Edmilson Rodrigues. 

O partido também tem boas chances de disputar o segundo turno em São Paulo. Lá, Guilherme Boulos vem crescendo a cada dia nas pesquisas. 

Boulos, com 14%, está tecnicamente empatado com Celso Russomano (16%) e Márcio França (13%). 

O PSB disputa o primeiro lugar em Maceió/AL, onde JHC está empatado com Alfredo Gaspar de Mendonça, com 24% das últimas pesquisas. 

Na capital Aracaju/SE, o candidato Edvaldo, do PDT, é o líder nas pesquisas, com 34%. Em segundo lugar vem a Delegada Danielle (Cidadania) que tem 19%. 

Leia mais:
PT vai apoiar Juscelino Manso e Nega Alencar em Parintins
PT desiste de lançar candidatura e apoia Patrícia Lopes em Figueiredo
PT e PSOL reafirmam aliança para a eleição em Manaus

Com informações do Portal BNC*

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui