TSE lança Guia de Segurança no Instagram para Mulheres na Política

0
164
TSE lança Guia de Segurança no Instagram para Mulheres na Política
(Foto: reprodução / TSE)

O Guia de Segurança do Instagram para Mulheres na Política estará disponível para download a partir desta sexta-feira (30), nas páginas do programa Participa Mulher e da Central do Candidato Eleições Municipais 2020 – Brasil no Facebook. O Guia foi lançado nesta quarta-feira (28), durante uma live do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), mediada pelo presidente da Corte, ministro Luís Roberto Barroso, e contou com as participações da atriz Camila Pitanga, embaixadora da ONU Mulheres no Brasil, de Natália Paiva, head de Políticas Públicas do Instagram para a América Latina, e de Ana Carolina Lourenço, do “Movimento Mulheres Negras Decidem”.

Além do lançamento do Guia, também teve a apresentação de uma campanha da Justiça Eleitoral sobre o tema, protagonizada pela atriz Camila Pitanga, que estreia até o fim deste mês. O evento virtual contou com o apoio da Comissão TSE Mulheres, formada por servidoras do Tribunal para acompanhamento das ações sobre a participação feminina na Justiça Eleitoral e na política e que coordena o projeto Participa Mulher.

Entre as dicas compartilhadas no manual, voltadas para mulheres que decidiram se candidatar ou que já ocupam um cargo eletivo, estão: como restringir interações indesejadas; formas de denunciar eventuais violações às políticas da plataforma; orientações para aplicar filtro de comentários no perfil; e como agir diante de comentários abusivos. A intenção é dividir com as mulheres as principais ferramentas que podem ser suas aliadas na comunicação segura com o eleitor.

O Brasil ocupa atualmente o 140º lugar no ranking de representação feminina em cargos públicos eletivos – a classificação abrange uma lista de 193 países. Em média, nos países constantes dessa relação, cerca de 25% dos cargos públicos são ocupados por mulheres. No Brasil, contudo, esse índice se aproximou apenas de 10% nas últimas eleições.

“As mulheres são mais de 50% do eleitorado brasileiro. Temos esse déficit quando olhamos para a representatividade na política. Ter mais mulheres na vida pública agrega valor à sociedade. Os países que se saíram melhor no enfrentamento da pandemia de Covid-19, por exemplo, eram liderados por mulheres”, destacou Barroso, na abertura do evento.

Leia mais:
Eleições têm recorde de candidatas mulheres e de negros
Ausência de mulheres na disputa pela Prefeitura de Manaus reforça machismo
Mulheres representam 54% dos servidores públicos do Governo do AM

Por Cíntia Ferreira, com informações do TSE

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui