Rejeição de candidatura pode deixar município com apenas um candidato

0
250
A Justiça Eleitoral negou cinco pedidos de registro de candidatos a prefeito no Amazonas que não apresentaram todos os documentos exigidos pela legislação.
Município de Anori pode ter apenas um candidato a prefeito em 2020 (Foto: Google/Reprodução)

A Justiça Eleitoral negou, até a última terça-feira, 20, cinco pedidos de registro de candidatos a prefeito no Amazonas que não apresentaram todos os documentos exigidos pela legislação. Em Anori (a 194 quilômetros de Manaus), a rejeição da candidatura de Sansuray Xavier (PSD) pode deixar o pleito com apenas um candidato a prefeito.

De acordo com dados do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), os juízes eleitorais já negaram os pedidos de registro de candidaturas de Tabira Ferreira (Solidariedade), candidato a prefeito em Juruá (a 672 quilômetros de Manaus); e de João Braga (PT), que concorre ao cargo de chefe do executivo municipal em Amaturá (a 907 quilômetros de Manaus).

Também tiveram as candidaturas barradas o Neto Gledson (DC), de Nova Olinda do Norte (a 130 quilômetros de Manaus); Graça Menezes (Rede), de Itacoatiara (a 175 quilômetros de Manaus); e Sansuray Xavier, de Anori. Todos os candidatos já apresentaram recurso, a maioria alegando falha no sistema, e aguardam o julgamento.

Joaquim Corado (MDB), candidato a reeleição em Amaturá, que havia sido barrado por não apresentar todos os documentos, recorreu e conseguiu se manter na corrida eleitoral. Na tarde desta quarta-feira, 21, o juiz Felipe Nogueira de Lucena, da 22ª Zona Eleitoral, deferiu o pedido de registro de candidatura do candidato do MDB.

Anori

Com a rejeição da candidatura de Sansuray Xavier, o município de Anori poderá ter apenas um candidato a prefeito, o Régis Nazaré (Republicanos). Na terça-feira, 20, a juíza Priscila Pinheiro Pereira, da 33ª Zona Eleitoral, declarou Xavier inapta para concorrer ao pleito devido a rejeição das contas dela pelo TCU (Tribunal de Contas da União).

Xavier foi alvo de ações de impugnação do MPE (Ministério Público Eleitoral) e da coligação concorrente sob alegação que ela está inelegível. Os autores das contestações apontaram que a ex-prefeita teve as contas de três convênios julgadas irregulares pelo TCU, em uma tomada de contas especial.

Em nota, a candidata do PSD em Anori afirmou que está sendo perseguida por adversários que “se ocupam em atrapalhar o processo democrático por meio de ações judiciais”. Xavier disse que a campanha dela vai continuar e a assessoria jurídica da Coligação A Força Que Vem do Povo está tomando todas as providências.

O outro lado

A candidata Graça Menezes, de Itacoatiara, apresentou recurso, na terça-feira, 20, contra decisão que negou o registro de candidatura dela e aguarda decisão. Menezes afirmou que cumpriu todas as etapas exigidas pela Justiça Eleitoral, mas houve “desencontro de informações” em relação ao documento que comprova a escolaridade dela.

A reportagem não conseguiu contato com os candidatos Tabira Ferreira, Neto Gledson e João Braga.

Leia na íntegra a nota de Sansuray Xavier:

Desde o início do processo eleitoral estou sofrendo inúmeros ataques originados pelos meus adversários, que se ocupam em atrapalhar o processo democrático por meio de ações judiciais, desesperados pelo indeferimento da minha candidatura.

Esclareço que essa perseguição política não interfere no seguimento da campanha e que o jurídico está tomando todas as providências.

Quero tranquilizar e garantir a todos os meus apoiadores e correligionários que isso não me abala, pelo contrário, me fortalece para lutar pelo nosso povo oprimido, que não teve voz e nem vez nessa administração.

Reforço que, como mulher, mãe e guerreira, não tenho medo de enfrentar o adversário que já se diz eleito.

Continuo normalmente com o cronograma de ações e visitas apresentando as propostas e conquistando o voto de confiança das pessoas.

Abaixo de Deus quem manda é o povo, e é a Força que vem do povo que dará a resposta nas urnas no dia 15 de novembro.

Vamos continuar a nossa lutar, guerreiros!

Leia mais:
David Almeida propõe modernizar gestão fiscal
Radinho lidera pesquisa Projeta para Prefeitura de Barcelos
Guia das eleições 2020: regras e informações

Com informações do Portal Amazonas Atual*

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui