Seis prefeituráveis de Manaus já declararam bens à Justiça Eleitoral

0
166

Os pré-candidatos a prefeito de Manaus tem até o próximo dia 26 de setembro para informar à Justiça Eleitoral suas listas de bens. Até esta segunda-feira (21), seis dos onze políticos que concorrem as eleições majoritárias na capital amazonense já submeteram suas candidaturas ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Foram eles: Romero Reis (Novo), José Ricardo (PT), Chico Preto (DC), Capitão Alberto Neto (Republicanos), Ricardo Nicolau (PSD) e Gilberto Vasconcelos (PSTU).

O empresário Romero Reis, que é o candidato do partido Novo, é o político com maior patrimônio acumulado divulgado até o momento. De acordo com a declaração que consta no Sistema de Divulgação dos Candidatos (DivulgaCand), Romero possui exatos R$ 25.588,006,29. Os bens do candidato do Novo está dividida em imóveis, aplicações e empréstimos. Dos R$ 25 milhões, Romero informou à Justiça Eleitoral que possui R$3.200.000,00 em espécie em seu poder.

O segundo mais rico da lista é o deputado federal José Ricardo, que declarou ter R$1.450.907,51 em bens. A quantia é praticamente a mesma informada em 2018, quando foi eleito para uma vaga na Câmara dos Deputados. Na ocasião, o parlamentar declarou R$1.423.274,14.

O pré-candidato Chico Preto possui, segundo o DivulgaCand, R$537.507,81 em patrimônio acumulado. Seu maior bem é uma casa avaliada em R$267.520,79. Comparados com a declaração feita em 2016, quando foi eleito vereador, os bens de Chico Preto caíram pela metade. Na ocasião, o parlamentar informou ter R$1.019.985,11 em bens.

Já o deputado federal Capitão Alberto Neto informou à Justiça Eleitoral que possui em seu nome somente um apartamento no valor de R$312.000,00. O deputado estadual Ricardo Nicolau declarou ser dono de dois veículos que somam R$ R$67.000,00. Em 2018, quando se reelegeu para uma vaga na Assembleia Legislativa do Estado (ALEAM), Ricardo Nicolau só tinha um automóvel avaliado em R$ R$40.000,00.

O prefeiturável que até esta segunda-feira divulgou o menor patrimônio, é Gilberto Vasconcelos. O professor informou ter uma casa de alvenaria avaliada em apenas R$ 250. Até esta segunda-feira (21), os pré-candidatos Alfredo Nascimento (PL), Amazonino Mendes (Podemos), Coronel Menezes (Patriota), David Almeida (Avante) e Marcelo Amil (PCdoB) não submeteram seus dados à Justiça Eleitoral. O prazo para envio dos dados termina no dia 26 de setembro.

Os dados informados ao TSE pelos candidatos podem ser conferidos aqui.

Leia mais:
Como ficará o tempo de TV de cada candidato de Manaus?
Senador Omar Aziz rebate críticas feitas por Amazonino em convenção
Manaus terá 11 candidatos a prefeito nas eleições de 2020

Por Cíntia Ferreira, do Portal Projeta

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui