Wilson culpa governadores antes dele por crise na saúde

0
206

O governador Wilson Lima culpou os governos que o antecederam pela crise na saúde durante a pandemia da Covid-19 no Amazonas. A afirmação foi feita em conversa com a jornalista Vera Magalhães, em evento virtual do CLP (Centro de Liderança Pública).

Analisando os meses de pico da pandemia, o governador afirmou que foram dois os motivos que levaram o Amazonas a ser epicentro da doença no país em abril e maio deste ano. O primeiro, segundo Lima, foi a transição de governos e de secretários da Saúde nos dois anos que antecederam o início do seu mandato.

“Então, eu peguei uma saúde em frangalhos. Só pra se ter ideia, a nossa Central de Medicamento, quando eu assumi, tinha 12% do material que deveria ter ali. E sem sistema de informação e comunicação entre as unidades de saúde, entre a própria secretaria de saúde”, disse o governador.

Antes de Lima assumir, foram governadores José Melo, que teve o mandato cassado em 2017. O então deputado David Almeida, presidente da ALE (Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas), assumiu interinamente, e Amazonino Mendes, eleito para governar o Estado de outubro de 2017 a dezembro de 2018.

Segundo Lima, entre os três governos, passaram oito secretários de Saúde, o que causou uma “descontinuidade” na política pública de saúde.

Em dois anos, o próprio Wilson Lima trocou o secretário de Saúde três vezes, dois durante a crise da Covid-19. Uma das trocas foi provocada por uma prisão, a de Simone Papaiz, que foi envolvida na investigação da Polícia Federal sobre a compra de respiradores.

Além das transições, outro motivo de agravo da pandemia, na opinião de Lima, foi a época de chuva, momento em que o índice de pessoas com doenças respiratórias aumenta e que coincidiu com a chegada do vírus no estado. “Nós estávamos no período chuvoso, é o período em que há maior incidência de doenças respiratórias. Esses dois fatores fizeram com que os casos de Covid aumentassem e a nossa rede hospitalar quase chegasse à um colapso”, disse.

Veja a declaração do governador:

Leia mais:
Lábrea, no AM, entre seis cidades do país mais afetadas pelo coronavírus
BR-319 é pauta entre entre Wilson Lima e ministro de Infraestrutura
Cartórios registram recorde de mortes em agosto, diz IBGE

Com informações do Portal Amazonas Atual*

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui